Análise Gravimétrica

Por Renato Marcondes
A análise gravimétrica é de fácil utilização, suas principais vantagens são o fato de ser simples tanto em questão de aparelhagem quanto em cálculos finais e extremamente precisa quando realizada com cuidado, mais porem sua realização é demorada e com possíveis erros acumulativos (um erro vai acumulando juntamente com outro, formando uma cadeia de erros).

A análise gravimétrica tem por finalidade a obtenção de substâncias mais puras possíveis de uma mistura, através de vários processos de transformação da mistura, assim podendo separar os constituintes da mistura, e deixar qualquer um deles o mais puro possível, utilizando-se a massa da substancia pura para determinar quanto desta tinha na amostra.

Pode-se descobrir a quantidade de determinada amostra em uma mistura de forma indireta pela massa, separando e purificando a substância química, e usando de cálculos estequiométricos para calcular a sua massa ou sua quantidade real na determinada mistura. Seus cálculos são baseados nos peso atômicos e peso molecular.

A análise gravimétrica é um nome geral para esse tipo de separação de misturas, podendo ser usadas varias técnicas para realização desta análise.

EX: precipitação química, eletrodeposição, volatilização ou Extração.

Precipitação Química

Precipitação

É adicionada a amostra uma substância a qual reage com a amostra, com a finalidade de formar um precipitado que separe da amostra a substancia a qual se quer purificar.  Para uma maior purificação os precipitados devem ser insolúveis na grande maioria dos solventes, não reagir com o ar ou água e ser fácil de filtrar.

Volatilização

Só pode ser feito na amostra se a substancia a qual se quer purificar for à única volátil. Pode ser de maneira direta ou indireta. Direta quando evaporamos a substancia em questão e usamos outra para absorvê-la previamente pesada, após a evaporação e absorção da substancia em questão pesa-se a substância absorvedora e o seu ganho de peso indica o volume da substância em questão, e de maneira indireta quando evaporamos a substancia em questão e a massa que sobra é pesada, notando assim que o desfalque de massa é a substancia em questão que evaporou.

Bibliografia:
http://www.dracena.unesp.br/graduacao/arquivos/quimica_geral/Gravimetria.pdf