Exercícios - Equilíbrio Químico

Lista de exercícios retirados de provas de vestibulares sobre Equilíbrio Químico.
Ler artigo Equilíbrio Químico.


Exercício 1: (PUC-RIO 2008)

Reações químicas dependem de energia e colisões eficazes que ocorrem entre as moléculas dos reagentes. Em sistema fechado, é de se esperar que o mesmo ocorra entre as moléculas dos produtos em menor ou maior grau até que se atinja o chamado “equilíbrio químico”.

O valor da constante de equilíbrio em função das concentrações das espécies no equilíbrio, em quantidade de matéria, é um dado importante para se avaliar a extensão (rendimento) da reação quando as concentrações não se alteram mais.

Considere a tabela com as quantidades de reagentes e produtos no início e no equilíbrio, na temperatura de 100oC, para a seguinte reação:

A constante de equilíbrio tem o seguinte valor:


Exercício 2: (UDESC 2010)

O processo industrial de produção de amônia (NH3) envolve o seguinte equilíbrio químico: N2(g) + 3H2(g) ↔ 2NH3(g). O gráfico abaixo mostra, aproximadamente, as porcentagens de amônia em equilíbrio com os gases nitrogênio e hidrogênio na mistura da reação.

De acordo com o gráfico e as informações acima, analise as proposições:

I – A formação da amônia é favorecida em condições de alta pressão e baixa temperatura.

II – A reação de formação da amônia é um processo endotérmico.

III – Em um recipiente fechado, à pressão constante, o aumento da temperatura favorece a decomposição da amônia.

IV – Um aumento na concentração de gás nitrogênio causará um deslocamento do equilíbrio químico no sentido dos reagentes.

Assinale a alternativa correta.


Exercício 3: (UFMS 2010)

A equação abaixo ilustra a reação de transformação do dióxido de carbono em monóxido de carbono, muito importante para a indústria siderúrgica.

C(s) + CO2(g) ↔ 2CO(g)
ΔH = 174 kJ/mol de carbono

Como envolve gases, a constante de equilíbrio dessa reação pode ser expressa, como:

Kp = (pCO)² / (pCO2)

em que “p” é a pressão parcial do gás. A respeito desse equilíbrio, analise as proposições abaixo e assinale a(s) correta(s). (Use: Massa Molar em g/mol: C = 12).


Exercício 4: (VUNESP 2009)

Considere a reação química que está ocorrendo nas hemácias de uma pessoa.

Considere que esse equilíbrio esteja deslocando-se preferencialmente para a direita. Pode-se inferir que:


Exercício 5: (Enem 2011)

Os refrigerantes têm-se tornado cada vez mais o alvo de políticas públicas de saúde. Os de cola apresentam ácido fosfórico, substância prejudicial à fixação do cálcio, o mineral que é o principal componente da matriz dos dentes. A cárie é um processo dinâmico de desequilíbrio do processo de desmineralização dentária, perda de minerais em razão da acidez. Sabese que o principal componente do esmalte do dente é um sal denominado hidroxiapatita. O refrigerante, pela presença da sacarose, faz decrescer o pH do biofilme (placa bacteriana), provocando a desmineralização do esmalte dentário. Os mecanismos de defesa salivar levam de 20 a 30 minutos para normalizar o nível do pH, remineralizando o dente. A equação química seguinte representa esse processo:

mineralizacao-desmineralizacao

GROISMAN, S. Impacto do refrigerante nos dentes é avaliado sem tirá-lo da dieta. Disponível em: http://www.isaude.net. Acesso em: 1 maio 2010 (adaptado)

Considerando que uma pessoa consuma refrigerantes diariamente, poderá ocorrer um processo de desmineralização dentária, devido ao aumento da concentração de: