Bactérias

Por Marilia Araujo
Há muito tempo atrás, um negociante holandês chamado Antoni van Leeuwenhoek gostava de polir lentes e construir microscópios. Um dia, seguindo instintivamente sua curiosidade, resolveu coletar um pouco do material incrustado em seus próprios dentes e observar através de um microscópio. O que ele viu foi algo parecido com o ilustrado na figura abaixo: seres minúsculos com forma de bastão.

bacterias

Ainda seguindo seu instinto se pôs a analisar vários outros materiais e sempre notando a presença dos mesmos seres. Foi o primeiro relato oficial de observação desses organismos, mais tarde denominados “bactérias”. Ainda sem nome, esses seres foram sucedendo os anos sem ter a atenção merecida e somente ao final do século XIX, o médico alemão Robert Koch descobriu que estes pequenos animais estariam causando uma doença no gado. Só então passaram a ser objeto de estudos mais aprofundados sobre sua origem, sua função e sua consequência envolvendo danos que poderiam causar à espécie humana.

Estudos mais tarde revelaram que certas doenças como a lepra e a gonorréia eram de fundo bacteriano, por isso houve, na época, um certo temor de que todas as bactérias fossem maléficas. Já que estavam (e estão) por toda parte, inclusive por toda a extensão de nosso corpo. Ou seja, estamos transportando bactérias, somos seus vetores.

bacteria2Mas foi preciso anos de dedicação à estas criaturas minúsculas para entender que elas também tem seu lado bom. Muitas espécies são extremamente úteis tanto para os humanos como para o solo, para as plantas e para outros organismos. E ainda, principalmente, para a indústria alimentícia, já quem muitas bactérias atuam na fermentação de leite e na produção de diversos alimentos lácteos, como o iogurte, por exemplo. No entanto, Louis Pasteur e Koch descreveram pela primeira vez os malefícios causados pelas bactérias.

Posteriormente, Christian Gottfried Ehrenberg se inspirou no tamanho e na forma destes animálculos e deu a eles o nome de bacterium, que provém do grego “βακτηριον” que significa “pequeno bastão”.

Tipos de Bactérias

A figura abaixo nos mostra quantos tipos diferentes existem, e que esta organização foi assim criada com base nas formas de cada bactéria e em como estão interligadas:

bacterias

Esses organismos foram posteriormente classificados no Reino Monera.

Leia mais: