Coanoflagelados

Por Marilia Araujo
Os coanoflagelados (classe Choanoflagellata, Filo Choanozoa, Reino Protista) e de água doce são o táxon-irmão dos Metazoa. Os animais monociliados primitivos e os coanoflagelados apresentam um único flagelo, que por sua vez compõem uma série bilateral de veletas de filamentos na forma de mastigonemas, estando envolvido por um colarinho cilíndrico de microvilosidade, como na figura abaixo:

Estrutura dos Coanoflagelados

Fig. A: Estrutura dos Coanoflagelados

Essa sinapomorfia junto com a corroboração por sequência de DNAr, reúne os metazoários e os coanoflagelados como grupos-irmãos em um táxon monofilético.

Fig. B

Fig. B

As 600 espécies de choanoflagelados são pequenas e inconspícuas, geralmente não ultrapassam 10µm de diâmetro. Para se alimentar, o flagelo do organismo cria uma corrente de água a partir da qual o colarinho filtrará bactérias e partículas orgânicas, sendo que estas bactérias são ingeridas por fagocitose.

Os coanoflagelados podem ser solitários ou coloniais, podem estar presos ou livre-natantes. Porém existem algumas espécies sésseis que se prendem por meio de um pedúnculo, parte de uma testa (forma aproximada de um vaso, ver figura anterior). Essa testa está composta por bastões silicosos que são interconectados extracelularmente. Já os indivíduos das formas planctônicas coloniais, como exemplo as espécies de Proterospongia (figura C abaixo), são unidos por uma matriz extracelular gelatinosa (ou por seus colarinhos). Neste último caso, a colônia pode adquirir a aparência de placa (figura B ao lado), tendo todos os colarinhos e flagelos direcionados a partir do mesmo lado.

coanoflagelados3