Talismã

Os talismãs são objetos que se caracterizam como símbolos criados desde tempos remotos pelo Homem, com o objetivo de expressar o que se encontra na esfera criativa do inconsciente humano e no ambiente em que o indivíduo se desenvolve. Estes artefatos podem ser meros instrumentos de proteção, paz, energias benéficas, atuando assim como amuletos, confeccionados com matéria-prima natural ou com uma mistura deste recurso com elementos artificiais.

pantaculoEles também podem trazer inscritos em si pantáculos, convertendo-se em elementos sagrados de uma determinada fé religiosa. Os pantáculos são poderosos ícones que detêm uma simbologia mística ou esotérica, constituindo especialmente Pentagramas e Tetragrammaton – expressões que se referem ao Deus dos judeus -, quando são circundados por uma forma circular.

Quando eles são impressos nos talismãs, estes se convertem imediatamente em potentes irradiadores de fluidos que emanam as energias cósmicas. Assim caracterizados estes objetos ganham uma natureza ativa, e desta forma podem atuar a benefício da sociedade ou contra ela, pois os instrumentos de magia têm o poder de criar ou de destruir.

Desde os tempos mais remotos o Homem concebe e produz egrégoras – coletividades que irradiam as energias orgânicas, emocionais e mentais de várias pessoas unidas em torno de um objetivo comum – de ícones, símbolos e ritos plenos de valores afetivos e culturais. Nestas associações os talismãs cumprem um  papel significativo, de relevante importância para a existência do ser humano e da sociedade.

A trajetória histórica do Homem está sendo resgatada justamente através destes remanescentes culturais e simbólicos que atravessaram os milênios e hoje contribuem para a compreensão da evolução da Humanidade. Para os antigos egípcios os talismãs e outros artefatos simbólicos traduziam e expressavam sua história, seus rituais, enfim, a cultura desta civilização.

O mesmo ocorreu no seio de cada povo, comunidade, grupo de indivíduos, em todos os tempos, até nossos dias. Pode-se afirmar, assim, que se há uma linguagem comum entre todas as civilizações e nações, esta com certeza é a de natureza simbólica, incluindo com destaque os talismãs.

Normalmente as pessoas procuram no talismã algo que represente uma solução para seus problemas afetivos, financeiros, de saúde, entre outros. Buscam-se então representações luminares, protetoras, enérgicas, que combatam as sombras e, além disso, tragam benefícios para o organismo, a vida social, a esfera emocional, entre outros campos da existência humana.

Os talismãs são normalmente confeccionados com elementos metálicos de coloração dourada e habitualmente usados colados ao corpo, localizados particularmente perto do coração. Para os problemas de saúde são recomendados os objetos dispostos nas proximidades do plexo solar. Sejam quais forem os talismãs escolhidos, eles devem receber a necessária consagração e a constante purificação.

Fontes:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Talismã_(objeto)
http://pt.wikipedia.org/wiki/Pantáculo
http://www.mvirtual.com.br/holos/arquivo/artigos/talisma.html
http://pt.wikipedia.org/wiki/Egrégora

Arquivado em: Religião