Obesidade Infantil

Caracterizada como o excesso de gordura corporal total em relação ao peso do corpo, está intimamente relacionada com fatores genéticos e maus hábitos alimentares na família. Na maioria das vezes, quando a criança possui sobrepeso desde pequena, é grande a probabilidade de que ela permaneça nesse estado em sua adolescência e na fase adulta.

Ilustração: BlueRingMedia / Shutterstock.com

Ilustração: BlueRingMedia / Shutterstock.com

O ponto principal que deve ser considerado é o estágio de sobrepeso ou obesidade que a criança está, a partir daí deve-se buscar atingir e manter o peso adequado para sua estatura. Ao mesmo tempo deve-se manter o crescimento e o desenvolvimento normal.

A inatividade tem papel fundamental no desenvolvimento da obesidade infantil, crianças que não se exercitam ou praticam esportes e permanecem grande parte de seu tempo em frente à televisão, vídeo game ou computador tem grande chance de desenvolver a obesidade. Nestes casos, quando a criança se alimenta ao praticar estas atividades sedentárias (televisão, vídeo game, computador) não percebe a quantidade de alimento que já ingeriu, comendo compulsivamente.

Para uma criança crescer e se desenvolver com saúde é fundamental possuir uma rotina ativa, com muita brincadeira, bicicleta, roller, esportes, além de realizar as refeições em horários e locais adequados.

O mais importante é gerar hábitos saudáveis que envolvam toda a família, facilitando assim o envolvimento da criança e incentivando-a a uma alimentação adequada e a prática de exercícios.

É preciso ter em mente que as crianças não devem ser colocadas em dieta, mas que o objetivo da criança que tem excesso de peso ou obesidade deve ser a manutenção do peso, ou ainda um ganho progressivo que acompanhe seu crescimento.

Mesmo quando a criança atingir o peso adequado deve-se manter a rotina de atividades e o cuidado com a alimentação, pois, esses hábitos saudáveis contribuirão para toda a sua vida.

Fontes
DUARTE Varo, GUERRA Regina Helena Duarte. Nutrição e Obesidade, ed. artes ofícios, 1999.

AVISO LEGAL: As informações disponibilizadas nesta página devem apenas ser utilizadas para fins informacionais, não podendo, jamais, serem utilizadas em substituição a um diagnóstico médico por um profissional habilitado. Os autores deste site se eximem de qualquer responsabilidade legal advinda da má utilização das informações aqui publicadas.
Arquivado em: Doenças, Nutrição, Saúde