Sedentarismo

Por Fernanda Lima
O sedentarismo é a falta de atividade física suficiente para o corpo e que também acaba afetando a saúde e atrofiando os músculos.

Quando se fala em atividade física, ela não está necessariamente apenas na prática de esportes. As atividades físicas podem ser caminhada até o trabalho, subir escadas, realizar alguns esforços físicos ou até mesmo as donas de casa, que de certa forma fazem esforços, limpando suas casas. O Sedentarismo acontece quando a pessoa gasta poucas calorias diárias com qualquer tipo de atividade física, pessoas que não tem costume de fazer qualquer exercício. Para sair da classificação do sedentarismo, o ser humano precisa gastar 2.200 calorias por semana.

Sedentarismo. Ilustração: Gil C. / Shutterstock.com

Sedentarismo. Ilustração: Gil C. / Shutterstock.com

A falta de atividade física causa o sedentarismo que como consequência traz o aparecimento de doenças como a hipertensão, doenças respiratórias, diabetes, aumento de colesterol, infarto e também distúrbios cardíacos. Hoje mais de 60% da população não pratica nenhum tipo de atividade física.

A pratica da atividade física traz benefícios à saúde, como:

  • Ajuda a controlar o peso;
  • Diminui a pressão sanguínea;
  • Reduz o risco de desenvolver a pressão alta;
  • Diminui o risco de desenvolver doenças, como a diabete;
  • Ajuda a manter ossos, músculos e articulações saudáveis;
  • Ajuda a previnir e diminuir a obesidade;
  • Promove o bem-estar.

O Sedentarismo é classificado como uma doença e atinge cada vez mais pessoas no mundo. Uma das principais causas são as modernidades que encontramos atualmente, pois o conforto acabou tomando conta das pessoas e cada vez não damos conta disso e mesmo sem saber a população acaba ficando acomodada. O sedentarismo pode ainda acelerar o envelhecimento.

Existem muitas formas de se evitar o sedentarismo como:

  • praticar atividades físicas, correr, caminhar, pedalar, nadar, jogar bola com os amigos;
  • fazer alguns esforços no dia a dia, descer do ônibus alguns pontos antes e completar o percurso fazendo caminhada; deixar o controle remoto de lado e levantar para mudar o canal da TV; procurar subir as escadas ao invés de usar o elevador, etc;

Essas são formas de se evitar o sedentarismo, além de fazer muito bem à saúde. São pequenas mudanças da vida moderna e que não percebemos que podem fazer a diferença.

O ideal é apenas mudar os hábitos do dia a dia e mesmo sem tempo ou dinheiro você consegue ter uma vida mais saudável.

Referencias:
http://www.nutricaoempratica.com.br/alimentacao-correta/o-que-e-sedentarismo
http://www.saudebrasilnet.com.br/SBN_PORTAL/frmMateria.aspx?COD_MATERIA=20&COD_SECAO=17
http://emedix.uol.com.br/doe/mes001_1f_sedentarismo.php

AVISO LEGAL: As informações disponibilizadas nesta página devem apenas ser utilizadas para fins informacionais, não podendo, jamais, serem utilizadas em substituição a um diagnóstico médico por um profissional habilitado. Os autores deste site se eximem de qualquer responsabilidade legal advinda da má utilização das informações aqui publicadas.