Spa

Por Ana Lucia Santana
Spa é uma expressão reduzida que traduz Serviço Personalizado de Atendimento. Este termo provém do latim ‘salute per aqua’, que tem o sentido literal de ‘saúde pela água’. Ele se refere a uma edificação turística que visa o resgate da saúde de pessoas depressivas ou com os mais variados problemas nutricionais.

Foto: Ersler Dmitry / Shutterstock.com

Foto: Ersler Dmitry / Shutterstock.com

Nesta instituição as pessoas são vistas holisticamente, pois nelas são reestruturadas características orgânicas, emocionais, alimentares e estéticas, com o objetivo de reequilibrá-las e também de lhes educarem as posturas alimentares. Normalmente elas preservam nestes recantos um contato salutar com os elementos naturais.

O nome destes refúgios procede de uma cidade belga, Spa Francorchamps, conhecida por sua paisagem climática aprazível e sua densa arborescência. Logo diversas cidades similares da Europa projetaram outros spas, que em inglês significam ‘balneários’. Eles oferecem distintos projetos voltados para a redução do peso, problemas depressivos e emocionais, no geral.

Nestes recantos o cliente é avaliado inicialmente através de uma entrevista grátis, com o auxílio de um grupo de profissionais diversos, entre eles homeopatas, nutricionistas, personal trainer, esteticistas e outros. Conjuntamente eles criarão um projeto individual para cada paciente, conforme suas carências pessoais.

Os spas tornaram-se mais conhecidos em fins do século XX, sendo vistos então como locais que oferecem processos terapêuticos à base de água, vapor ou infusões, geralmente associados a massagens e tratamentos como podologia, nutrição, e atualmente também a procedimentos estéticos – depilação, drenagem linfática, entre outros. Eles contam igualmente com modernas academias de ginástica, meditação, yoga, natação, sauna, etc.

A maior parte das pessoas que buscam um spa não estão apenas tentando emagrecer ou ficar mais bonitas. Elas estão igualmente fugindo do stress diário, das paranóias tão comuns nas grandes cidades, das neuroses cotidianas. Clientes de ambos os sexos querem ficar mais relaxados, tranquilos, tratando não só o corpo, mas também a mente, além de conquistar novas noções alimentares.

Hoje há várias espécies de Spas. A International Spa Association reconhece, junto ao convencional spa termal, os recentes spas urbanos, médicos, de Hotel, de Resort e de ginásio, conforme a utilidade de cada um.

Os spas urbanos são os mais modernos, apresentando tamanhos reduzidos, situados nas grandes cidades. Eles propiciam aos pacientes massagens, tratamentos estéticos e procedimentos medicinais considerados não invasivos.

Alguns deles apresentam a alternativa de pacotes de um único dia, sendo assim conhecidos como Day Spa. Atualmente os spas de natureza termal são de importância reduzida, pois essencialmente o cliente busca conforto e opções as mais variadas.

Fontes:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Spa
http://www.unifia.edu.br/participacao_do_aluno/trabalhos/oqueespa.doc

AVISO LEGAL: As informações disponibilizadas nesta página devem apenas ser utilizadas para fins informacionais, não podendo, jamais, serem utilizadas em substituição a um diagnóstico médico por um profissional habilitado. Os autores deste site se eximem de qualquer responsabilidade legal advinda da má utilização das informações aqui publicadas.