Árvore Genealógica

Por Miriam Ilza Santana
A Árvore genealógica, através de um longo estudo, traça o perfil das pessoas que participaram direta ou indiretamente na vivência passada de uma pessoa ou de sua família.

É um histórico que vai apresentar os resultados encontrados, por meio de estudos, acerca dos antepassados desta família, de maneira que tais conhecimentos proporcionem um esclarecimento dos laços de ligação do futuro com o passado muitas vezes desconhecido.

Para os descendentes é como decifrar o mistério de um passado desconhecido, a grande chance de se conhecer avós, avôs, bisavós e bisavôs, entre outros parentes até então existentes só no imaginário das pessoas e nas histórias relatadas pelos familiares.

A montagem de uma árvore genealógica geralmente é iniciada colocando-se o nome do antepassado mais antigo de que se tenha algum dado e a partir das pessoas que descendem deste ancestral chega-se ao serzinho mais novo da família ou pode-se até mesmo encontrar uma pessoa em especial, que esteja sendo procurada por sua família.

O procedimento normalmente usado começa por se desvendar de onde veio os antepassados de uma determinada família, através da naturalidade do patriarca e da matriarca e a seguir anotam-se as seguintes informações:

* O nome e sobrenome de todos os entes estudados;
* A data e local onde nasceram;
* Documento de comprovação de união matrimonial no qual apareça data e local onde foi realizada a cerimônia;
* Atestado de óbito no qual conste a data e local do ocorrido;
* Informes gerais a respeito de cada pessoa, tais como profissão que exerce, nível de escolaridade, história da família no país de origem da pesquisa, procedência do nome, do sobrenome e outras informações úteis.

É importante saber que a ciência que cuida de estudar os ancestrais e seus descendentes e em seguida montar uma árvore genealógica das mesmas é a Genealogia.

Normalmente quando se estrutura a árvore genealógica de uma família com poucas informações ela é representada por uma pequena árvore, quando os elementos são de maior proporção a sua feição torna-se mais complexa, pois os dados passam a ficar mais desarranjados; quando isso acontece a visualização melhora através de uma representação gráfica.

Uma árvore genealógica é de extrema importância para as famílias, pois por meio delas é possível ter conhecimento da ascendência familiar, da existência de títulos até então desconhecidos, sem dizer que futuramente, ela pode ser útil nos tratamentos de diversas anomalias e doenças genéticas, tais como adicção, gota, diabetes, etc.