Demografia

Por Caroline Faria
Demografia é a ciência que estuda a dinâmica populacional humana por meio de estatísticas que utilizam como critérios e religião, educação, etnia e outros critérios que são influenciados por fatores como taxa de natalidade, fecundidade e migrações.

Um dos ramos das ciências sociais, a demografia é bastante recente se comparada com outros ramos como a economia.

O termo “demografia” foi usado pela primeira vez em 1855 por Achille Guillard no livro intitulado “Élements de statistique humaine ou demographie comparée”. Seu objetivo é estudar a estrutura da população, seu arranjo espacial ou forma como a população está distribuída no meio físico (urbano, rural) e sua composição, que pode ser estudado levando-se em consideração a faixa etária, o sexo, ou outras características da população.

O chamado “movimento da população” também constitui objeto de estudo da demografia. Através de cálculos e estatísticas são estudados os fenômenos da mortalidade, natalidade e movimentos migratórios, todos estes influenciados por diversos fatores como educação, saneamento, e etc.

A importância do estudo da demografia consiste no fato da população ser um elemento político essencial que caracteriza uma sociedade e que, conseqüentemente, tornam-se necessários compreender a fim de tornar possível o planejamento econômico, social, cultural ou político.

A demografia possui quatro abordagens diferentes que variam de acordo com o foco de estudo:

A abordagem histórica que tem por objetivo estudar a evolução dos acontecimentos demográficos ao longo do tempo pesquisando suas causas e tentando prever as conseqüências.

A abordagem doutrinária que se ocupa da análise da teoria através dos estudos das idéias e obras de filósofos, pensadores e pregadores no tocante à população.

A abordagem analítica, que por sua precisão matemática é a mais importante tecnicamente, pelo fato de fornecer dados indispensáveis sobre determinados acontecimentos.

E, por fim, abordagem política, que apoiada em todas as outras abordagens, tenta formular políticas demográficas adequadas ao bem-estar da sociedade.