IFAC oferta cursos do PRONATEC em 18 comunidades indígenas

24/02/2016 - 12h00 - Por Karoline Figueiredo





O Instituto Federal do Acre (IFAC) disponibiliza em 18 comunidades indígenas (8 municípios do Acre), cursos profissionalizantes por meio do Programa Nacional de acesso ao Ensino Técnico e Emprego (PRONATEC). Ao todo 140 indígenas estão cursando Artesanato, Agricultura, Agricultor - Agroflorestal, Agente de Desenvolvimento Cooperativista, Agricultura Familiar, Orgânica e Piscicultura.

O IFAC este ano está concretizando o projeto experimental realizado em 2015 em algumas regiões com o apoio da Fundação Nacional do Índio (FUNAI). A FUNAI é uma parceria para realização dos cursos e uma organização não- governamental indígena.

Os cursos foram escolhidos em conjunto com as comunidades indígenas. A maioria dos professores também são indígenas na qual foram selecionados por edital específico. No mês de março, a diretoria de Programas Especiais do IFAC visitará as comunidades para documentar as experiências, analisar o que pode ser aprimorado, expandir e divulgar para toda Rede Federal de Ensino.

Segundo a coordenadora geral do PRONATEC, Alcilene Oliveira Alves, o maior desafio é trabalhar os conteúdos propostos nas disciplinas respeitando os aspectos culturais. "Manter um diálogo com os povos indígenas, traduzindo o conhecimento de uma forma não autoritária. É uma educação intercultural", afirma Alcilene.

As aulas são presenciais e acontecem nas aldeias. O líder da aldeia Samaúma, Poá Katuquinase revelou agradecido pelos órgãos que propiciaram os cursos. Katuquina tornou-se agente agroflorestal e afirma que depois do curso os jovens vão contribuir muito no trabalho com as comunidades. "Sempre digo aos alunos: aproveitem esta oportunidade, vocês são jovens e têm muito a aprender pela frente".