MEC anuncia mudanças de monitoramento nos estudantes de Medicina

02/04/2016 - 11h42 - Por Karoline Figueiredo





O ministro da Educação, Aloizio Mercadante, falou ontem (01/04) em entrevista coletiva, sobre as diretrizes da Avaliação Nacional Seriada dos Estudantes de Medicina (ANASEM) na qual passará a ser aplicada aos estudantes do 2º, 4º e 6º anos do curso de Medicina. A intenção é monitorar regularmente a qualidade do ensino de Medicina. O novo método será iniciado a partir do mês de agosto de 2016.

A ANASEM avalia conhecimentos, habilidades e atitudes exigidos para prática médica dos graduandos durante o processo formativo. Baseado na lei do programa Mais Médicos (12.871/2013), a avaliação será um componente curricular obrigatório e condição para diplomação dos novos médicos.

As avaliações no 2º e 4º anos servirão como coleta de informações que indicarão os pontos fortes e deficiências. No 6º ano as provas serão baseadas no Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos Expedidos por Instituição de Educação Superior Estrangeira (REVALIDA) e os alunos deverão atingir uma nota mínima para poder se formar. Os exames serão aplicados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP).

REVALIDA:

Foi criado em 2011 onde passou a ser unificado em 44 Universidades Federais. REVALIDA é a avaliação obrigatória para médicos que possuem diploma expedido por Instituições Estrangeiras e possam exercer a profissão também no Brasil.

A edição de 2015 teve o maior número de inscritos com 4 mil participantes. Foram aprovados 1.683 médicos, com aumento de 10% em relação ao ano anterior (2014).