Anualmente 1,5 milhão de pessoas no mundo morrem em acidentes de trânsito

18/01/2018 - 10h50 - Por Karoline Figueiredo





De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), 1,5 milhão de pessoas do mundo inteiro, morrem por ano em acidentes de trânsito.

Os acidentes rodoviários estão entre as principais causas de mortes no mundo, de jovens e adultos entre 15 e 29 anos. As pesquisas mostram que 90% das fatalidades ocorrem em países de baixa e média renda.

A OMS informou ainda, que quase metade dos atingidos são usuários vulneráveis da estrada, ou seja, são os pedestres, ciclistas e motociclistas.

Em 2011, as Nações Unidas lançaram a "Década de Ação pela Segurança no Trânsito", onde todos os países se comprometeram em criar e aplicar medidas preventivas para acidentes no trânsito. Entre outras iniciativas estão a de reduzir pela metade os acidentes até o ano de 2020.

Segundo a Organização das Nações Unidas (ONU), caso a situação continue no mesmo fluxo e as medidas não forem tomadas pelos seus respectivos países, a previsão é de que até 2030, os acidentes no trânsito poderão se tornar a 7ª principal causa de morte no mundo. Para mais informações acesse o site da ONU.

No Brasil, a Câmara dos Deputados publicou no Diário Oficial da União da última sexta-feira (12), o Projeto de Lei (PL) que prevê ações preventivas em acidentes rodoviários. O objetivo é reduzir pela metade o índice de mortes no trânsito, em até 10 anos. Acesse o site da Câmara e confira na íntegra a proposta.