Anunciadas: as 400 melhores universidades da América Latina

22/10/2019 - 19h01 - Por PRNewswire





Classificações das Universidades Mundiais da QS: América Latina 2020

LONDRES, 22 de outubro de 2019 /PRNewswire/ -- A QS Quacquarelli Symonds, o grupo de reflexão (think-tank) sobre o ensino superior global, nomeou hoje as 400 melhores universidades da América Latina. A Pontificia Universidad Católica de Chile mantém seu status como líder regional pelo terceiro ano consecutivo devido à notável consideração entre os empregadores e a melhoria na produtividade das pesquisas.

Essa edição observa o declínio do ensino superior no Brasil e as notáveis melhorias nas principais instituições mexicanas com o Tecnológico de Monterrey se destacando entre as três primeiras posições pela primeiríssima vez.

O relatório Classificações das Universidades Mundiais da QS: América Latina é baseado em métricas exclusivas, criadas para capturar se a universidade está estimulando o ambiente, as redes e as práticas necessárias para a produção de pesquisas de classe mundial. As classificações da QS incluem perspectivas de 45.000 empregadores de todo o mundo, com relação à qualidade dos diplomados por certa universidade. De acordo com os empregadores pesquisados pela QS, a Pontificia Universidad Católica de Chile produz os diplomados mais empregáveis da América Latina.

A principal universidade do Brasil, a Universidade de São Paulo (USP), permanece no segundo lugar geral. Ela é também a universidade mais produtiva em pesquisas da América Latina, recebendo a pontuação número 1 para Artigos por Membro da Faculdade. 94 das 400 instituições classificadas são brasileiras. Entretanto, isso é principalmente um sintoma do tamanho do país. A trajetória da maioria das instituições brasileiras é decrescente: 57 desceram e 27 subiram. Depois do Brasil, os países mais representados são México (59), Colômbia (57), Argentina (43) e Chile (40).

 

Classificações das Universidades Mundiais da QS: América Latina 2020 (10 principais)

2020

2019

1

1

PONTIFICIA UNIVERSIDAD CATÓLICA DE CHILE

CL

2

2

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO (USP)

BR

3

6

TECNOLÓGICO DE MONTERREY (ITESM)

MX

4

5

UNIVERSIDAD DE LOS ANDES COLOMBIA

CO

5

3

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS (UNICAMP)

BR

6

4

UNIVERSIDAD NACIONAL AUTÓNOMA DE MÉXICO (UNAM)

MX

7

7

UNIVERSIDAD DE CHILE

CL

8

8

UNIVERSIDAD DE BUENOS AIRES

AR

9

9

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO

BR

10

10

UNIVERSIDAD NACIONAL DE COLOMBIA

CO

© QS Quacquarelli Symonds 2004-2019 www.TopUniversities.com 

 

Ben Sowter, diretor de pesquisa da QS, disse: "O sistema de ensino terciário brasileiro é um dos menos internacionalizados de toda OCDE e países parceiros, e nossa pesquisa mostra que os estudantes se preocupam profundamente com a habilidade de sua universidade escolhida aprimorar suas perspectivas de emprego. O Chile parece se beneficiar dos problemas do Brasil, pelo menos até onde as preferências dos empregadores são consideradas. O desempenho das dez principais universidades do Chile, quando avaliado através das lentes da empregabilidade, é louvável, com sete delas melhorando sua avaliação entre os empregadores, e três delas mantendo seu desempenho estável.

Logo - https://mma.prnewswire.com/media/702459/QS_World_University_Rankings_Logo.jpg

 

 

FONTE QS Quacquarelli Symonds