Brasil terá mais 5 Universidades e 61 Institutos Federais

10/05/2016 - 18h48 - Por Karoline Figueiredo





Em cerimônia ontem (9) no Palácio do Planalto - Brasília, a presidenta da República, Dilma Rousseff, assinou o Projeto de Lei  que cria mais 5 Universidades Federais no Brasil. No evento, Roussef também anunciou 224 obras a serem iniciadas em Universidades Federais e 9 obras em Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia.

"Se não tem Universidade no interior, os cidadãos brasileiros e as cidadãs brasileiras precisam ter recursos para se deslocar até os grandes centros. Sempre foi assim antes, e as pessoas de posses médias ou de pequenas posses não podiam estudar, não podiam fazer um curso", ressaltou a presidenta.

O número de matriculados nas Universidades públicas do país quase triplicou desde 2.003. Programas do Governo Federal contribuíram consideravelmente para ingresso dos estudantes nas Instituições de Ensino, como o Sistema de Seleção Unificada (SISU) que abriu 1,2 milhões de vagas desde 2.010 e o Programa Universidade Para Todos (ProUni) que disponibilizou 2,8 milhões de bolsas de estudos desde 2.005.

No encontro o ministro da Educação, Aloizio Mercadante assinou também Portaria Ministerial que autoriza o funcionamento de mais 61 unidades de Institutos Federais. Com elas o Brasil passa a obter 644 Institutos em funcionamento.

As novas Universidades previstas no Projeto são:

*Universidade Federal de Catalão, em Catalão - Goiás

*Universidade Federal de Jataí, em Jataí - Goiás

*Universidade Federal do Delta do Paranaíba, em Parnaíba - Piauí

*Universidade Federal do Norte de Tocantins, em Araguaína - Tocantins

*Universidade Federal de Rondonópolis, em Rondonópolis - Mato Grosso