Campanha 'Fevereiro Laranja' conscientiza sobre leucemia e incentiva transplante de medula óssea

17/02/2021 - 18h29 - Por Karoline Figueiredo
Sempre abrir.

A campanha "Fevereiro Laranja" é voltada para conscientização das pessoas sobre a leucemia e a importância da doação de medula óssea. Atualmente, a doença ocupa a 9ª posição nos tipos de câncer mais comuns em homens, e a 11ª em mulheres.

De acordo com o Instituto Nacional de Câncer (InCA), a cada triênio, são diagnosticados no Brasil mais 10 mil novos casos de leucemia. A médica hematologista Giovanna Durigon, que atua no Hospital Universitário Professor Polydoro Ernany de São Thiago HU-UFSC vinculado à Rede Ebserh-MEC, enfatizou a relevância do Fevereiro Laranja para abordar sobre prevenção, alertar sobre os sintomas, além de incentivar a doação de medula óssea. "O tratamento é basicamente quimioterápico, mas as indicações de transplante de medula são muito positivas, principalmente no caso de pacientes jovens", declarou a médica.

O transplante de medula óssea é indicado nos casos de alto risco. Nesta situação, ocorre a busca de compatibilidade em familiares de primeiro grau do paciente. Não havendo parentes compatíveis, é registrado a necessidade em um banco de medula. Os doadores voluntários são examinados e seus resultados vão para esse banco.

No surgimento de compatibilidade entre doador e paciente, é realizado o procedimento de coleta do material. A doação de medula óssea é muito significativa pois a possibilidade de encontrar doadores compatíveis é baixa.

Saiba mais sobre os tipos de transplante e sobre a doença no portal do MEC.