Capes prorroga bolsas no exterior por 30 dias

18/04/2020 - 17h04 - Por Karoline Figueiredo

A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), vinculada ao Ministério da Educação (MEC), estendeu o prazo de bolsas internacionais de pesquisadores que voltariam ao Brasil no mês de abril.

A medida que prorroga por mais 30 dias a permanência da bolsa, foi tomada devido a situação atual da pandemia causada pelo novo coronavírus (Covid-19) e para dar mais segurança aos bolsistas que estão em países com fronteiras fechadas.

Para solicitar a prorrogação no pagamento da bolsa, os pesquisadores devem entrar em contato com técnicos da Capes pelo sistema Linha Direta. De acordo com a Capes é necessário enviar os documentos que informem sobre o encerramento de fronteiras e aeroportos, fechamento da instituição e a validade do visto de estudante. Os bolsistas receberão um documento com orientações sobre os cuidados necessários para permanência no exterior, manutenção do pagamento das bolsas e medidas a serem adotadas caso optem pelo retorno ao Brasil.

Atualmente são 3.300 pesquisadores com bolsas no exterior e segundo a Capes, todos foram questionados, via Linha Direta, sobre o desejo de permanência ou retorno ao Brasil. Ao todo, 582 já estão no país e outros 25 em procedimento de retorno.

Caso seja necessário, a Capes permite que o próprio bolsista compre a passagem de volta, desde que comunique o procedimento à coordenação com antecedência. Nestas condições, há reembolso de até 70% do valor do auxílio-deslocamento.

Acesse o portal do MEC para obter todas as informações.