Comissão do Senado estuda alterar a nova reforma ortográfica

18/08/2014 - 18h15 - Por Thaís Ferraz





Uma nova proposta de acordo ortográfico está sendo elaborada pela Comissão de Educação do Senado. Com possibilidade de entrar em vigor a partir do ano de 2016, a nova reforma tem como objetivo tornar a língua escrita mais próxima da língua falada. As informações são do Diário Catarinense.

Dois especialistas foram convidados para a coordenação do grupo técnico: os professores de português Pasquale Cipro Neto e Ernani Pimentel. Por enquanto, os dois professores estão reunindo sugestões, que serão sintetizadas em um projeto final, a ser apresentado entre 10 e 12 de setembro, no Simpósio Internacional Linguístico-Ortográfico da Língua Portuguesa, em Brasília. Após a apresentação, o projeto será levado ao Senado.

As novas regras poderão alterar alguns itens implementados na última reforma, que tinha obrigatoriedade prevista para o fim de 2012, mas foi prorrogada para 2016. Para que isso ocorra, a versão final do projeto deverá estar pronta até maio de 2015.

Algumas regras que devem ser propostas pela CE:
Fim do H no início da palavra:
Homem - Omem
Hoje - Oje

G fica som de "gue":
Guerra - Gerra
Guitarra - Gitarra

CH substituído por X:
Chá - Xá
Flecha - Flexa