É possível recorrer à nota de Redação obtida no Enem?

15/01/2015 - 17h03 - Por Thaís Ferraz





Na tarde de terça-feira, o Ministério da Educação divulgou as notas individuais obtidas pelos estudantes que prestaram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2014. Enquanto as 90 questões aplicadas são objetivas e só possuem uma alternativa correta, evitando questionamentos, a Redação passa por uma correção mais subjetiva. Com frequência, alguns candidatos se sentem injustiçados e procuram descobrir se é possível recorrer à nota.

O Infoescola contatou o INEP na tarde desta quinta-feira. De acordo com o instituto, não há possibilidade de recurso contra a nota obtida na redação. O edital do Exame também não prevê nenhuma possibilidade de revisão.

Os candidatos insatisfeitos com a avaliação deverão aguardar o acesso ao espelho da redação, que mostra a nota alcançada  em cada uma das competências avaliadas, sendo voltado apenas para fins didáticos e não de recurso. A previsão é de que o INEP disponibilize o documento em no máximo 60 dias. Além de analisar a avaliação, o candidato também deverá conferir a seção de Perguntas Frequentes no portal do Instituto. Lá, é possível se informar sobre como as redações são corrigidas e quais são os critérios para que um texto receba nota zero.

Após analisar todas as informações disponíveis, o estudante que ainda se sentir injustiçado poderá procurar um advogado. Nos últimos anos, alguns recursos foram impetrados contra o Exame. Em 2012, um candidato conseguiu alterar a nota de uma redação que havia sido anulada. A maioria dos recursos na Justiça, no entanto, foi negada.Em 2013, a Defensoria Pública da União tentou, sem sucesso, impor mudanças no Edital do Enem para que este garantisse o direito à revisão de nota.

Arquivado em: Enem 2014