Deputados contestam questão do ENEM por abordar feminismo

26/10/2015 - 14h55 - Por Karoline Figueiredo





Deputados se manifestaram contra uma questão do 1º dia de provas do ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio). Jair Bolsonaro (PP) do Rio de Janeiro e Marcos Feliciano (PSC) de São Paulo aproveitaram as redes sociais para opinar o descontentamento sobre um texto abordado da filósofa francesa, Simone de Beauvoir ligado ao feminismo.

"Essa frase da filósofa Simone Beauvoir é apenas opinião pessoal da autora e me parece que a inserção desse texto, uma escolha adrede, ardilosa e discrepante do que se tem decidido sobre o que se deve ensinar aos nossos jovens", informou Feliciano por rede social.

Para Bolsanaro, a "doutrinação" imposta pelo PT em relação aos jovens é tão grave quanto a corrupção no país. Ainda mencionou que o ENEM é o Exame Nacional do Ensino Marxista.