Desmatamento é a 2ª maior causa das mudanças climáticas no mundo

18/07/2018 - 17h13 - Por Karoline Figueiredo





A Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura / Food and Agriculture Organization of the United Nations (FAO) revelou que o desmatamento é a segunda maior causa das mudanças climáticas no mundo.

O relatório divulgado neste mês de julho pela FAO informa que entre os anos de 1.990 e 2015, a área florestal no planeta diminuiu de 31,6% para 30,6%. A perda ocorreu principalmente em países da África Subsaariana, América Latina e Sudeste da Ásia.

A primeira maior causa das mudanças climáticas é a queima de combustíveis fósseis, sendo responsável por cerca de 20% de todas as emissões de gases de efeito estufa.

Principais causas do desmatamento:

São identificados principalmente nos países em desenvolvimento da África, América Latina e Ásia. A degradação ocorre devido aos seguintes fatores: demanda de carvão vegetal; comunidades dependentes de lenhas; famílias rurais que vivem com rendas adquiridas por meio de recursos das florestas; explorações de florestas não regulamentadas; entre outros.

Os dados revelam que existe uma relação significativa entre florestas e pobreza. No mundo, mais de 250 milhões de pessoas vivem abaixo da linha da pobreza, ou seja, pobreza extrema. Nesta circunstância, 63% estão localizadas na África, 34% na Ásia e 3% na América Latina.

De acordo com a FAO, as florestas manejadas para a conservação dos solos e das águas aumentaram consideravelmente nos últimos 25 anos no mundo todo, exceto, na África e na América Latina que registraram índice abaixo da média global, 25%.

Acesse o Relatório da FAO e o portal da ONU para mais informações.