No dia do Enem, não se confunda com o fuso horário

31/10/2014 - 13h28 - Por Thaís Ferraz





Em setembro de 2013, definiu-se que o Brasil voltaria a ter quatro fusos horários. Esta diferença, que atinge vários estados, pode confundir os estudantes e causar grandes transtornos no dia do Enem, como o atraso e a consequente desclassificação do exame. Para ajudar, o InfoEscola traz esta explicação de como proceder.

Entenda como funciona o fuso horário

A Terra precisa de cerca de 24 horas para completar o clico do movimento de rotação. Por isso, o planeta é dividido em 24 fusos horários (um para cada hora em sua área de abrangência). O marco em que a contagem começa é o Meridiano de Greenwich, uma linha imaginária que se situa na cidade de Londres. A partir do Meridiano, define-se que todos os locais que se encontram ao leste tem suas horas somadas pelo número de fusos de distância; e que todos os locais que se encontram ao oeste tem suas horas diminuídas.

Geralmente, os fusos horários estão nos meridianos das longitudes que são múltiplos de 15°, mas podem ocorrer irregularidades causadas pelas fronteiras nacionais de vários países ou por questões políticas. Todos os fusos horários são definidos em relação ao Tempo Universal Coordenado (UTC).

Fusos Horários no Brasil

Os quatro fusos horários brasileiros são:

1) Duas horas atrasado em relação ao Meridiano de Greenwich, uma hora adiantado em relação ao horário de Brasília: fuso de algumas ilhas oceânicas brasileiras, como Fernando de Noronha.

2) Três horas atrasado em relação a Greenwich: este fuso abrange a maior parte do país, com a totalidade das regiões Nordeste, Sudeste e Sul, além dos estados do Pará, Amapá, Tocantins, Goiás e o Distrito Federal. É o fuso do horário oficial de Brasília.

3) Quatro horas atrasado em relação a Greenwich: é, também, uma hora atrasado em relação ao horário de Brasília. No verão, a diferença aumenta para duas horas, já que os estados do Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Roraima, Rondônia e parte do Amazonas não possuem horário de verão.

4) Cinco horas atrasado em relação a Greenwich: é, também, duas horas atrasado em relação ao horário de Brasília, aumentando para três horas durante o horário de verão. Abrange somente o estado do Acre e uma pequena parte oeste do Amazonas.

No dia do Enem

Os portões de acesso abrem às 12h e fecham às 13h, horário de Brasília. O MEC recomenda que os participantes cheguem ao local de prova até às 12h (horário oficial de Brasília).