Duas novas instituições portuguesas adotam nota do Enem para ingresso de brasileiros

02/08/2017 - 13h41 - Por Thaís Ferraz





Desde 2014, estudantes brasileiros podem utilizar a nota obtida no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para estudar em instituições portuguesas de ensino superior. A oportunidade é oferecida através de acordos e parcerias firmados entre o Ministério da Educação (MEC) e as universidades e institutos de Portugal. Nesta semana, o MEC anunciou duas novas instituições que adotarão o Enem: a Universidade Portucalense e o Instituto Universitário da Maia.

Acordos

Os acordos não incluem auxílio financeiro; por isso, os interessados devem procurar bolsas de estudo ou serem capazes de se manter no país europeu.

Para ingressar nas instituições portuguesas, é necessário ter obtido pelo menos 600 pontos  no Enem; geralmente, o peso de cada área varia de acordo com o curso para o qual o estudante se candidata.

O calendário dos processos seletivos não é unificado e, por isso, os estudantes devem ficar atentos ao cronograma de cada instituição. A maioria das universidades portuguesas abre três períodos de candidatura a cada ano.

Lista de instituições portuguesas que aceitam o Enem como forma de ingresso

  1. Universidade de Coimbra (26/05/2014);
  2. Universidade de Algarve (18/09/2014);
  3. Instituto Politécnico de Leiria (24/04/2015);
  4. Instituto Politécnico de Beja (10/07/2015);
  5. Instituto Politécnico do Porto (26/08/2015);
  6. Instituto Politécnico de Portalegre (08/10/2015);
  7. Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (09/11/2015);
  8. Instituto Politécnico de Coimbra (24/11/2015);
  9. Universidade de Aveiro (25/11/2015);
  10. Instituto Politécnico de Guarda (26/11/2015);
  11. Universidade de Lisboa (27/11/2015);
  12. Universidade do Porto (09/03/2016);
  13. Universidade da Madeira (14/03/2016);
  14. Instituto Politécnico de Viseu (15/07/2016);
  15. Instituto Politécnico de Santarém (15/07/2016);
  16. Universidade dos Açores (04/08/2016);
  17. Universidade da Beira Interior (20/09/2016);
  18. Universidade do Minho (24/10/2016);
  19. Cooperativa de Ensino Superior Politécnico e Universitário (Cespu) (24/03/2017);
  20. Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias (05/04/2017);
  21. Instituto Politécnico de Setúbal (05/04/2017);
  22. Instituto Politécnico de Bragança (06/04/2017);
  23. Instituto Politécnico de Castelo Branco (22/05/2017);
  24. Universidade Lusófona do Porto (25/05/2017);
  25. Universidade Portucalense (26/07/2017);
  26. Instituto Universitário da Maia (Ismai) (26/07/2017).