Em fase emergencial, governo de São Paulo antecipa recesso escolar entre os dias 15 e 28 de março

11/03/2021 - 16h53 - Por Karoline Figueiredo
Sempre abrir.

O Governador do Estado de São Paulo (SP), João Dória, anunciou em coletiva de imprensa nesta quinta-feira (11), que serão adotadas a partir da próxima segunda-feira (15), medidas ainda mais restritivas na fase vermelha emergencial do Plano SP.

A fase vermelha de controle da pandemia por Covid-19 permanece com a regulação de funcionamento de serviços não essenciais, no entanto, com o objetivo de frear o aumento de novos casos e reduzir internações e mortes pelo coronavírus, o Governo estipulou novas regras de distanciamento social, que a princípio, serão válidas até 30 de março.

O Governo determina que a partir do dia 15, o toque de recolher deverá ser seguido nos 645 municípios, diariamente, entre às 20h e 5h. Ficará proibido o acesso à parques e praias; qualquer tipo de aglomeração; além da exigência do uso de máscara em qualquer ambiente interno ou externo de acesso público.

Dória também informou que as escolas da rede estadual só ficarão abertas para merenda de alunos carentes e distribuição de materiais, mediante agendamento prévio. Os recessos previstos para os meses de abril e outubro serão antecipados para o período entre 15 e 28 de março. A Secretaria de Educação do Estado vai sugerir a medida para as escolas municipais e particulares.

Confira as demais restrições a serem aplicadas e outras informações no portal do Governo de SP.