Enem 2018: confira a hora local do fechamento dos portões em cada Estado

17/10/2018 - 14h53 - Por Karoline Figueiredo





O fechamento dos portões para o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) 2018 terá horário diferenciado em determinadas regiões do país - em consequência do horário de verão que inicia na madrugada de sábado (3) para domingo (4). Nas regiões Centro-Oeste, Sudeste, Sul e no Distrito Federal, os relógios devem ser adiantados uma hora.

Os portões de acesso às provas serão fechados nos seguintes horários locais:

  • 10 horas: Acre; Amazonas (Atalaia do Norte, Benjamin Constant, Boca do Acre, Eirunepé, Envira, Guajará, Ipixuna, Itamarati, Jutaí, Lábrea, Pauini, São Paulo de Olivença e Tabatinga);
  • 11 horas: Amazonas (com exceção dos municípios a cima); Rondônia; e Roraima;
  • 12 horas: Alagoas; Amapá; Bahia; Ceará; Maranhão; Mato Grosso; Mato Grosso do Sul; Pará; Paraíba; Pernambuco; Piauí; Rio Grande do Norte; Sergipe; e Tocantins.
  • 13 horas: Distrito Federal; Espírito Santo; Goiás; Minas Gerais; Paraná; Rio de Janeiro; Rio Grande do Sul; Santa Catarina; e São Paulo.

O Cartão de Confirmação de Inscrição estará disponível para consulta a partir de 22 de outubro. O documento informa o local de prova, os dados do participante e demais informações. As provas serão aplicadas nos dias 04 e 11 de novembro, dois domingos seguidos.

O ENEM a partir deste ano, contará com um acréscimo de 30 minutos no segundo dia de provas. Confira os horários:

1º dia - 13h30 às 19h (horário de Brasília): 45 questões de Ciências Humanas e suas Tecnologias; 45 questões de Linguagens,  Códigos e suas Tecnologias; e Redação.

2º dia - 13h30 às 19h30 (horário de Brasília): 45 questões de Ciências da Natureza e suas Tecnologias; e 45 questões de Matemática e suas Tecnologias.

O ENEM é um Programa do Governo Federal por meio do Ministério da Educação (MEC), desenvolvido pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (IENP), que busca avaliar o grau de conhecimento dos estudantes no Ensino Médio e proporcionar o acesso dos mesmos às Instituições de Educação Superior de todo país. Com a média obtida no ENEM, é possível concorrer às vagas em cursos de graduação ofertadas pelo SISU (Sistema de Seleção Unificada), ProUni (Programa Universidade para Todos), FIES (Fundo de Financiamento Estudantil) e em Instituições Portuguesas.