Enem 2020: 2,6 milhões participam do primeiro dia de prova na versão impressa

18/01/2021 - 14h28 - Por Karoline Figueiredo
Sempre abrir.

O primeiro dia de provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020, na versão impressa, aconteceu no último domingo (17). Participaram das provas 2.680.697 candidatos, o que representa, 48% dos 5.523029 inscritos no Enem impresso. Segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), os dados ainda são preliminares e os números definitivos, dependem da apuração do consórcio aplicador e serão divulgados juntamente com os resultados do Enem.

O Enem foi aplicado em 1.689 municípios de todo país. No total, foram 14.447 locais de aplicação e 201.380 salas utilizadas. As provas "não foram realizadas" no Estado do Amazonas e nos seguintes municípios do Estado de Rondônia: Espigão D'Oeste e Rolim de Moura.

No primeiro dia de provas (17), os candidatos responderam questões de Linguagens Códigos e Suas Tecnologias; Ciências Humanas e Suas Tecnologias; além de redigir a Redação com o tema: "O estigma associado às doenças mentais na sociedade brasileira".

De acordo com o Inep, o Enem ocorreu de forma tranquila, sem incidentes relevantes. Foram registradas 69 ocorrências, entre elas, emergências médicas (2), desabastecimento de água (1), interrupção temporária de energia elétrica (60), questões relacionadas à estrutura de prova (4) e à segurança pública (2).

Foram eliminados 2.967 participantes por descumprirem as regras, entre elas, portar equipamento eletrônico, ausentar-se antes do horário permitido, utilizar materiais impressos, não atender determinações dos fiscais, entre outras determinações conforme previstas em Edital.

"Pude ver, em meio a essa pandemia que vivemos, as coisas caminharem muito bem durante a aplicação. Gostaria de qualificar o Enem, no meio da crise sanitária, como algo vitorioso para não atrasar mais a vida de milhões de estudantes. Não atrasamos a educação brasileira", declarou o ministro da Educação, Milton Ribeiro, em coletiva de imprensa.

"Tivemos uma aplicação tranquila do ponto de vista de segurança sanitária. Houve avaliações e verificações pelo órgãos competentes. Não tivemos nenhum local de prova interditado por questões de saúde. Diante disso, reafirmamos, aqui, o nosso compromisso com a realização de uma prova segura no que diz respeito às questões sanitárias", informou o presidente do Inep, Alexandre Lopes.

O segundo dia de provas do Enem impresso acorrerá no próximo domingo (24). As provas do Enem digital acontecerão nos dias 31 de janeiro e 7 de fevereiro.

Candidatos com Covid-19 e outras doenças infectocontagiosas puderam solicitar reaplicação do Exame entre os dias 11 e 16 de janeiro. Neste caso específico, as provas ocorrerão nos dias 23 e 24 de fevereiro. Essas mesmas datas são previstas para os Estados que não puderam realizar as avaliações neste último domingo.