Enem 2020: gratuidade da taxa está garantida aos que se enquadram nas regras

09/05/2020 - 15h10 - Por Karoline Figueiredo

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP) informou que vai garantir a gratuidade da taxa de inscrição do Enem 2020 aos candidatos que não conseguiram solicitar a isenção, e que se encaixarem nos perfis especificados nos editais (Enem impresso e digital).

A regra também é válida aos participantes isentos na edição de 2019 que faltaram os dois dias de provas e não justificaram ausência.

A medida foi tomada com o objetivo de não prejudicar estudantes que tiveram suas aulas suspensas, levando em consideração, principalmente, os alunos com difícil ou nenhum acesso à internet ou outros meios de estudos. "Ninguém será prejudicado ou ficará para trás", informou o presidente do INEP, Alexandre Lopes.

A gratuidade será concedida durante o período de inscrição (11 e 22 de maio), sem a necessidade de solicitação pelo participante. Podem receber isenção nos seguintes casos:

  • Estar cursando o último ano do Ensino Médio em 2020, em escola da rede pública;
  • Candidatos que já concluíram o Ensino Médio, em escola da rede pública ou como bolsista na rede privada, além de possuir renda por pessoa na família igual ou menor que um salário mínimo e meio;
  • pessoas em situação de vulnerabilidade socioeconômica por ser membro de família de baixa renda, devendo informar o Número de Identificação Social (NIS), além de possuir renda familiar por pessoa de até meio salário mínimo ou renda familiar mensal de até três salários mínimos.

Importante lembrar que, o procedimento de isenção não garante as inscrições dos candidatos.  A partir deste ano, passa a ser obrigatório a inclusão da foto do participante no sistema.

O valor da taxa de inscrição permanece o mesmo da edição anterior - R$ 85,00 podendo ser quitada até 28 de maio.

Para mais informações acesse o portal do Enem.