Enem 2020: primeiro dia de prova acontece neste domingo (17)

15/01/2021 - 17h23 - Por Karoline Figueiredo
Sempre abrir.

O primeiro dia de provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) acontece neste domingo (17). O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulgou uma série de normas e orientações para realização do exame, especialmente, em relação à prevenção de Covid-19.

Os candidatos devem conferir o Edital, onde consta todos critérios estabelecidos. Nos dias de provas, os candidatos deverão portar um documento original de identificação com foto, e uma única caneta, esferográfica de tinta preta, fabricada com material transparente.

Os portões dos locais de aplicação serão abertos às 11h30 (horário de Brasília). Assim, os participantes terão 1 hora e 30 minutos para acessar o local de prova. Esta foi mais uma medida adotada em decorrência da pandemia por Covid-19.

A pesar de não ser obrigatório, o Inep indica a portabilidade do Cartão de Confirmação de Inscrição, pois o documento traz todas as informações, como data, horário e local de prova, além de atendimento especializado se for o caso.

Os concorrentes também deverão se apresentar com máscara que cubra totalmente o nariz e a boca. Os mesmos poderão levar mais de uma máscara para troca ao longo do dia. Caso o candidato se recuse a seguir os protocolos de proteção contra a Covid-19, a qualquer momento, será eliminado do exame.

A higienização das mãos com álcool gel será obrigatória antes da entrada na salas de provas. Os recipientes de álcool ficarão disponíveis durante toda a aplicação.

Segundo o Inep, as salas de aula poderão ocupar apenas 50% da capacidade original. Além da redução de candidatos em ambiente de aplicação, será disponibilizada uma sala especial com ocupação de até 12 pessoas, consideradas vulneráveis à contaminação do vírus, conforme o Ministério da Saúde e a Fundação Oswaldo Cruz. O grupo de risco abrange lactantes, gestantes, idosos e pessoas com condições médicas preexistentes, como cardiopatias, doenças pulmonares crônicas, diabetes, obesidade mórbida, hipertensão, doenças imunossupressoras e oncológicas. Os perfis foram identificados no processo de inscrições, e assim, já alocados em salas especiais.

Os documentos aceitos para acesso às salas serão cédulas de identidade expedidas por instituições como Secretarias de Segurança Pública, Polícias Militar e Federal ou pelas Forças Armadas; identidade expedida pelo Ministério da Justiça para estrangeiros, incluindo os reconhecidos como refugiados, conforme Lei nº9.474, de 22 de julho de 1997; Carteira de Registro Nacional Migratório, prevista pela Lei nº 13.445 de 24 de maio de 2017; Documento Provisório de Registro Nacional Migratório, do qual trata o Decreto nº 9.277, de 5 de fevereiro de 2018; identificação fornecida por ordens ou conselhos de classe; passaporte; e Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

O segundo dia de prova do Enem impresso ocorrerá no dia 24 de janeiro. Nos dias 31 de janeiro e 7 de fevereiro serão aplicadas a versão digital.

Para mais informações acesse o portal do Inep.