Enem 2020: provas começam a ser distribuídas para os Estados e Distrito Federal

14/12/2020 - 14h26 - Por Karoline Figueiredo
Sempre abrir.

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) iniciou na última sexta-feira (11), a distribuição dos cadernos de provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A Ordem de Serviço Conjunta entre Inep, Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (Correios) e Exército Brasileiro, foi assinada nesta data, autorizando a expedição de 11,4 milhões de provas para todos os Estados Brasileiros e Distrito Federal.

Segundo o Inep, serão realizadas 41 viagens aéreas e 157 terrestres, para entrega de 70 mil malotes que estavam sob a guarda do 4º Batalhão de Infantaria Leve (4º BIL), do Exército Brasileiro em Osasco (SP). As provas serão transportadas pelos Correios com escolta da Polícia Militar e Polícia Rodoviária Federal (PRF). A entrega de cada localidade será recebida e armazenada com segurança pelos Batalhões do Exército Brasileiro, onde permanecerão até os dias de aplicação.

A operação conta com 226 carretas e caminhões para o deslocamento dos materiais. O primeiro caminhão já deu partida na sexta-feira (11). "São 11 milhões de provas transportadas. Fazer com que todas cheguem nos municípios, no horário e no prazo certo para o dia da prova, é um grande desafio. A responsabilidade do Inep é mostrar que estamos fazendo um trabalho para garantir a segurança na execução da prova. Temos o trabalho do Exército Brasileiro garantindo mais segurança. A Polícia Federal trabalha ao longo do ano evitando as fraudes, por meio de inteligência. As Polícias Militares e a Polícia Rodoviária Federal também auxiliam na escolta. O engajamento de todos os Estados e dos governadores acontece para que a logística saia conforme o planejado. O trabalho da gráfica com a impressão das provas garante segurança para que não ocorram vazamentos. Nota-se a seriedade e responsabilidade de todos que trabalham com o Enem. Quem está de fora, não tem noção do trabalho que é o exame. Vamos fazer também o Enem Digital, que será muito importante no incentivo ao uso das plataformas tecnológicas. Será um ano de grande expectativa e de novos desafios", declarou o presidente do Inep, Alexandre Lopes.

As provas serão aplicadas nos dias 17 e 24 de janeiro de 2021 (versão impressa); e 31 de janeiro e 7 de fevereiro (versão digital). Nesta edição foi registrado um número maior de inscritos do que a edição anterior, sendo 5,7 milhões em 2020, e 5,1 milhões em 2019.

Para mais informações acesse o portal do Inep.