Escolas do Rio de Janeiro permanecerão fechadas por no mínimo 90 dias

25/03/2020 - 12h04 - Por Karoline Figueiredo

O secretário estadual de Educação do Rio de Janeiro, Pedro Fernandes, informou esta semana que Escolas públicas e privadas do Estado permanecerão fechadas sem data prevista para retorno das atividades.

A paralisação causada pela pandemia do Covid-19 terá duração mínima de 90 dias. "Na melhor das hipóteses isso dura cerca de três meses, podendo durar em torno de seis meses. É muito difícil a gente estabelecer prazo e acho que a gente não tem que se limitar a isso neste momento", declarou o secretário.

As Escolas privadas que não respeitarem a determinação serão multadas. A resolução oficial sobre o assunto ainda será publicada.

De acordo com o secretário, foi firmado um convênio com o Google Classroom - plataforma digital onde os alunos da rede pública terão aulas online. As Escolas privadas que não tiverem suas plataformas também terão apoio da Secretaria de Educação para utilizar o serviço.

Outras declarações importantes:

  • Os professores darão aulas a distância com mesma carga horária do trabalho tradicional. A hora extra do setor educacional, conhecida como Gratificação por Lotação Prioritária (GLP) será mantida;
  • Alunos impossibilitados em acessar internet terão reforço escolar após retorno das aulas presenciais;
  • O processo de avaliação dos estudantes ainda serão analisados;
  • Escolas de ensino técnico, integral e militar terão disciplinas básicas de forma online, e as matérias específicas, serão ministradas depois que retornarem às aulas normalmente;
  • Cada Escola deve verificar quais alunos recebem Bolsa-Família para que a Secretaria viabilize por meio do Governo Estadual, um auxílio referente à alimentação desses alunos;
  • Haverá uma tentativa de manter pelo menos 200 dias do ano letivo, ainda que a Lei de Diretrizes e Bases (LDB) permita uma duração menor diante de pandemia.

Para mais informações acesse o portal Diário do Rio.