Governo italiano reabre escolas com regras contra Covid-19

01/09/2020 - 20h36 - Por Karoline Figueiredo

O governo italiano reabriu nesta terça-feira (1) todas as escolas do país. Os estabelecimentos têm até dia 14 de setembro (data que iniciarão as aulas presenciais) para organizar os procedimentos em relação à prevenção de Covid-19. Apenas Puglia e Calabria reabrirão as escolas dia 24 de setembro.

De acordo com a Comissão Técnica Científica da Itália, os estudantes permanecerão em sala de aula com distanciamento de 1 metro entre eles, e poderão retirar as máscaras ao ocuparem suas carteiras. A medida é válida para alunos dos ensinos fundamental e médio. As diretrizes também abrangem outros cuidados de prevenção, como a higiene pessoal, limpeza frequente das salas, entre outras.

"Todos trabalhamos juntos e devolvemos as escolas aos nossos alunos, o país nos agradecerá. Temos uma grande responsabilidade histórica. Será um ano difícil, mas também, o início de um caminho diferente", declarou a ministra da Educação da Itália, Lucia Azzolina, em carta enviada aos funcionários das escolas.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) e Ministério da Saúde da Itália determinaram medidas-chave para que seja evitado o contágio em ambientes escolares. Neste caso, são imprescindíveis regras básicas de higiene; distanciamento; políticas específicas para as crianças em risco, com necessidades de aprendizagem ou condições especiais de saúde, incluindo também, professores vulneráveis a infecções mais graves; e ensino online em situações exclusivas.