Homenageados recebem o Prêmio Brasil Mais Inclusão no "Dia Internacional da Pessoa com Deficiência"

03/12/2015 - 12h16 - Por Karoline Figueiredo





Hoje, 03/12, comemora-se o "Dia Internacional da Pessoa com Deficiência", e para honrar esta data, a Câmara dos Deputados criou neste ano o Prêmio Brasil Mais Inclusão com o propósito de reconhecer personalidades e instituições com ações de destaque na promoção da inclusão social, da autonomia e da independência da pessoa com deficiência.

O evento teve início hoje às 10 horas no Plenário Ulysses Guimarães, da Câmara dos Deputados em Brasília. Os premiados receberam diploma de menção honrosa entregue pelo presidente da Câmara, Eduardo Cunha; pelos deputados Felipe Bornier, Mara Gabrili; pelo diretor geral da Casa, Rômulo de Sousa Mesquita e outros deputados responsáveis pela indicação dos homenageados.

Foram premiadas cinco personalidades e cinco entidades:

*David Pena Ramos César - nasceu com síndrome rara responsável pela má formação de seus membros superiores e inferiores. Atualmente David é palestrante motivacional;

*Patrick Dornelles representa a pessoa com deficiência como embaixador da ONU (Organização das Nações Unidas) dos Objetivos do Milênio (ODM/PNUD);

*Maria da Penha Maia é farmacêutica e lutou contra as agressões do marido e para que a violência contra mulher no Brasil houvesse uma condenação. Graças a ela foi criado a lei que pune a violência contra mulher na qual carrega seu nome;

*Maiara Ferreira, vereadora de Boa Vista (RR), é cadeirante e participou de vários movimentos sociais e luta pelos direitos dos deficientes;

*Tereza Nelma da Silva, vereadora em Maceió (AL), luta pelas pessoas com deficiência e à inclusão social.

*Associação das Pessoas com Deficiência de Montes Claros (MG);

*Associação Jacarezinhense de Atendimento ao Deficiente Auditivo e Visual (PR);

*Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais do Distrito Federal (APAE-DF);

*Instituto de Cegos do Brasil Central (MG);

*Associação Juliano Varela (MS).

O objetivo do Prêmio Brasil Mais Inclusão é destacar os valores básicos da igualdade de tratamento, da oportunidade, da justiça social, do respeito à dignidade da pessoa humana, entre outros, conforme estabelecido na Constituição Federal. Valorizar a pessoa com deficiência em todos os sentidos, inclusive no que diz respeito ao trabalho, à renda e aos estudos.