Inicia prazo para justificativa de ausência no Encceja 2019 para quem deseja participar da edição de 2020

15/12/2020 - 14h23 - Por Karoline Figueiredo
Sempre abrir.

Candidatos que tenham se ausentado no Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) da edição de 2019, e desejam realizar o Exame nesta edição de 2020, devem justificar a falta até 20 de dezembro de 2020.

O procedimento é obrigatório aos candidatos que queiram se inscrever no Encceja 2020 e não compareceram no ano anterior. O procedimento deve ser realizado por meio do sistema Encceja. As análises serão realizadas pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pela aplicação do Exame. Os resultados serão divulgados dia 28 de dezembro. No caso de justificativas indeferidas, os candidatos poderão interpor recurso entre 28 de dezembro de 2020 e 4 de janeiro de 2021.

Caso os candidatos não justificarem as ausências ou as justificativas forem reprovadas pelo Inep, os participantes deverão ressarcir o Inep com valor de R$ 40,00, por meio de uma Guia de Recolhimento da União (GRU).

O Inep publicou no Diário Oficial da União (DOU) de 26 de novembro, o Edital que dispõe sobre as diretrizes, os procedimentos e os prazos do Encceja2020.

Segundo o Edital, as inscrições acontecerão entre os dias 11 e 22 de janeiro de 2021. A aplicação do Exame para o  Ensino Fundamental e Ensino Médio acontecerá em 25 de abril de 2021, em todos os Estados e Distrito Federal. A participação é voluntária e gratuita.

A participação no Encceja é voluntária, gratuita e voltada aos jovens e adultos que não concluíram os estudos na idade adequada, e desejam obter Certificação do Ensino Fundamental ou do Ensino Médio. Para realizar a prova com o propósito de Certificação do Ensino Fundamental, é necessário possuir no mínimo 15 anos (até a data do exame). Para Certificação do Ensino Médio, a idade mínima exigida é 18 anos. Para adquirir o Certificado ou a Declaração de Proficiência, os participantes devem obter no mínimo 100 pontos em cada área de conhecimento aplicada na prova.

Acesse o portal do Inep para mais informações.