Intercâmbio: como cuidar de quem fica?

24/02/2016 - 14h21 - Por InfoEscola





Empresa oferece serviço voltado para a família de quem pretende investir em educação internacional

O momento ideal para investir em um intercâmbio muitas vezes é tomado em família. A cidade e a escola que se encaixam melhor no perfil, o curso de idiomas ideal ao que se procura. Porém, ao embarcar para essa nova aventura, o intercambista vai sozinho deixando em alguns casos, a família fora da bagagem. E como controlar a ansiedade e a preocupação de quem fica? O “controle” dos pais exercido, até então, embaixo dos olhos e mantendo a “cria embaixo de suas asas” acaba quando o filho vai ganhar o mundo.

A IE, agência especializada em educação internacional e carreira oferece às famílias um serviço opcional de acompanhamento psicológico para os pais e familiares que precisam lidar com a ausência e com a recente liberdade dada aos jovens. No geral, os pais e intercambistas interessados em high school apresentam mais resistência e receio em relação aos longos períodos distantes. Para facilitar esse processo, os consultores da IE orientam e encaminham a família para um atendimento diferenciado e acompanhado por um psicólogo que irá facilitar esse momento de transição, dando apoio terapêutico, conversando com os familiares, explicando as principais formas de contato e preparando o momento de “separação”.

O apoio intercultural é em especial, voltado para os estudantes e realizado em cinco etapas, indo muito além de um simples bate papo. Durante esse processo, são aplicadas algumas escalas para mensurar as habilidades interculturais dos estudantes e um treinamento intercultural em sala de aula com duração de 8 horas, além da entrega de um manual, desenvolvido por uma equipe de profissionais, sobre o país escolhido pelo jovem. De acordo com Marcelo Melo, diretor da IE, esse tipo de serviço é um diferencial da empresa e garante que o aluno antecipe possíveis problemas de adaptação tanto culturais quanto sociais.

Para tranquilizar a família, diminuindo a ansiedade nesse momento de angústia, existe ainda um serviço de plantão 24 horas de apoio e suporte aos expatriados e familiares com suporte à distância realizado via e-mail, telefone, redes sociais e aplicativos de troca de mensagens para o intercambista e sua família brasileira durante todo o tempo do programa. Garantindo mais tranquilidade e consequentemente, mais eficiência e aproveitamento dos cursos e vivências no exterior.

Sobre a IE:

A IE é uma das maiores redes de intercâmbio cultural do Brasil, com agências de norte a sul do país. Especialista em intercâmbio de estudo, trabalho ou universidades no exterior é uma das empresas mais reconhecidas e tradicionais do segmento. Para estudar no exterior, fazer high school, viajar nas férias ou ter uma experiência de trabalho, a IE oferece intercâmbios para todas as idades.

www.ie.com.br