Justiça determina desocupação de duas Escolas em São Paulo

18/11/2015 - 19h10 - Por Karoline Figueiredo





O Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) decidiu que duas escolas ocupadas por estudantes e integrantes do Movimento dos Trabalhadores sem Teto (MTST) fossem desocupadas nesta quarta-feira, 18/11. Os mandados de reintegração de posse são para as Escolas Estaduais Diadema e Heloísa Assumpção, da grande São Paulo.

A desocupação seria realizada hoje a tarde por Policiais Militares. A primeira Escola ocupada por manifestantes foi a de Diadema, na qual os alunos estão instalados desde segunda-feira passada (09/11). A ocupação da Escola Heloísa Assumpção aconteceu dia (12/11).

Conforme o levantamento feito pelo Sindicato dos Professores do Ensino Oficial no Estado de São Paulo (Apeoesp) foram ocupados até hoje, 50 unidades. Segundo a Secretaria de Educação do Estado de São Paulo dessas 50 unidades citadas pelo Apeoesp, algumas foram desocupadas e outras foram realizadas apenas protestos, totalizando até o momento, 43 instituições ocupadas.

A reformulação para o ano letivo de 2016 prevê, além do fechamento das Escolas, mais 1.464 que passarão por mudanças na estrutura de ensino: Anos Iniciais (1º ao 5º) do Ensino Fundamental; Anos Finais (6º ao 9º) do Ensino Fundamental e Ensino Médio, todos separados. (Cada estabelecimento terá apenas um desses ciclos).