MEC altera data do Encceja, exame que substituirá o Enem para certificação dos ensinos fundamental e médio

05/08/2017 - 10h42 - Por Thaís Ferraz





O Ministério da Educação (MEC) comunicou na noite de quinta-feira que o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja), inicialmente agendado para o dia 8 de outubro, será adiado para o dia 22 do mesmo mês. De acordo com o Ministério, a alteração foi necessária para que a data se adequasse melhor ao cronograma dos demais exames aplicados pelo Inep. O novo edital do exame traz mais algumas mudanças e pode ser conferido neste link.

O período de inscrições estará aberto entre os dias 7 e 18 de agosto. As provas serão aplicadas nos períodos matutino e vespertino. Na primeira parte do dia, os portões serão abertos às 7h e fechados às 7h45, com a prova iniciando às 8h; na segunda parte, a abertura dos portões ocorrerá às 13h, com fechamento às 14h15 e início das provas às 14h30.

Os gabaritos serão publicados até o dia 24 de outubro. O INEP ainda não determinou a data de divulgação do resultado final.

Encceja 2017

Objetivo

Até o ano de 2009, o Encceja era a prova responsável por certificar os conhecimentos de jovens e adultos brasileiros que não haviam concluído os estudos ou que adquiriram seus saberes e conhecimentos fora da escola. Entre 2009 e 2016, essa certificação passou a ser realizada através do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Com as alterações do Enem anunciadas no início deste ano, a certificação volta a ser feita através do Encceja.

Quem pode (ou deve) fazer a prova?

O exame é voluntário, gratuito e pode ser realizado por jovens e adultos residentes no Brasil e no Exterior, inclusive às pessoas privadas de liberdade, que não tiveram oportunidade de concluir seus estudos na idade apropriada.

Para retirar a certificação do Ensino Fundamental, é necessário ter no mínimo 15 anos; para a do Ensino Médio, a idade mínima é de 18 anos.

Como é a prova?

As provas são elaboradas a partir do currículo da Base Nacional Comum, de acordo com os Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN's). O formato inclui uma redação e 30 questões de múltipla escolha com quatro alternativas cada.

Ensino Fundamental

- Língua Portuguesa, Língua Estrangeira Moderna, Artes, Educação Física e Redação;
- Matemática;
- Historia e Geografia;
- Ciências Naturais.

Ensino Médio

- Linguagens, Códigos e suas Tecnologias e Redação;
- Matemática e suas Tecnologias;
- Ciências Humanas e suas Tecnologias;
- Ciências da Natureza e suas Tecnologias.

Mais informações no Edital.