MEC aumenta número de vagas no Pronatec e cria o MedioTec

28/12/2016 - 12h08 - Por Karoline Figueiredo





O Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) na modalidade Bolsa Formação ofertará em 2017, 82 mil vagas em cursos de longa duração. O número de vagas aumentará quase 10 vezes em comparação a 2016 que registrou cerca de 9 mil jovens matriculados.

Segundo o ministro da Educação, Mendonça Filho, haverão mudanças e melhorias para o próximo ano em relação ao PRONATEC. "O programa passa, em 2017, a ter novos indicadores de monitoramento e a avaliação da política. Em vez de número de matrículas, terá como parâmetros os impactos e resultados da oferta de cursos Técnicos, com base em aspectos socioeconômicos e fatores que contribuam para o desenvolvimento pessoal e profissional do egresso", explicou.

Outra nova estratégia do Pronatec será o MedioTec. A medida foi anunciada pelo presidente da República, Michel Temer, e pelo ministro da Educação, Mendonça Filho, no dia 20 de dezembro. O MedioTec será realizado em parceria com Instituições públicas e privadas de Ensino Médio. O objetivo é que os estudantes possam conciliar os estudos com estágios em empresas; mapear demandas de formação Técnica em todas as regiões do país, e assim, obter informações por município sobre as aptidões formativas necessárias para atendê-las. A previsão é que o MedioTec tenha início em julho de 2017.

"O foco será o Ensino Médio porque o índice de desemprego no Brasil é maior entre os jovens, mas vamos direcionar as vagas para os cursos de acordo com as necessidades de mercado", declarou a secretária de Educação Profissional e Tecnológica (SETEC) do Ministério da Educação (MEC), Eline Neves Braga.

Em 2017, o MEC também vai fomentar a oferta de cursos de qualificação profissional nas modalidades de Formação Inicial e Continuada (FIC) e garantir a continuidade dos cursos iniciados em anos anteriores.