MEC e INEP divulgam resultados do Sistema de Avaliação da Educação Básica (SAEB) 2019

04/11/2020 - 18h29 - Por Karoline Figueiredo

O Ministério da Educação (MEC) e o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP) apresentaram nesta quarta-feira (4), em webnário, os resultados dos testes amostrais do Sistema de Avaliação da Educação Básica (SAEB) referente ao ano de 2019.

Os resultados abrangem o desempenho dos estudantes do 2º ano do Ensino Fundamental nas disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática; e dos estudantes do 9º ano do Ensino Fundamental na disciplina de Ciências Humanas e da Natureza.

De acordo com os dados coletados, cerca de 55% dos estudantes do 2º ano do Ensino Fundamental encontram-se nos níveis de 5 a 8 de proficiência na Língua Portuguesa. Dentro desse quadro, a maioria dos estudantes estão classificadas no nível 5, ou seja, representando 21,55%. Os estudantes com nível 8 da Língua Portuguesa são 5,04% do total. Abaixo do nível 1 estão 4,62% dos alunos.

Na Matemática, cerca de 50% dos estudantes estão entre os níveis 5 e 8 de proficiência, sendo a maior parte deles, 19,83%, concentrados no nível 4. No domínio das habilidades, ou seja, no nível 8, os participantes representam 6,99%. Abaixo do nível 1 estão 2,82% dos estudantes.

Em relação aos estudantes do 9º ano, na área de Ciências Humanas, cerca de 30% encontram-se nos níveis 4 e 9. Do total, 18,6% dos alunos estão no nível 2; 0,14% no nível 9; e 16,97% no nível abaixo de 1.

Na disciplina de Ciências da Natureza, cerca de 31,49% dos estudantes do 9º ano estão nos níveis de 4 a 9. do total, 17,98 dos alunos estão no nível 2; 0,5% no nível 8 ou acima; e 17,73% no nível abaixo de 1.

Segundo dados, os alunos com melhor desempenho são os que estudam em capitais. O SAEB também revelou a concentração de melhores resultados em determinadas regiões do país. Dez unidades da federação apresentaram proficiência acima da média nacional em Língua Portuguesa no 2º ano, são elas, Distrito Federal, Goiás, Minas Gerais, São Paulo, Espírito Santo, Rio de Janeiro, Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul.

Para mais informações acesse o portal do MEC.