MEC prorroga inscrições para vagas remanescentes do ProUni

30/09/2019 - 18h47 - Por Karoline Figueiredo





O Ministério da Educação (MEC) anunciou nesta nesta segunda-feira (30), a prorrogação do período de inscrições para bolsas remanescentes do Programa Universidade para Todos (ProUni). O prazo foi estendido até 4 de outubro.

Os estudantes já matriculados nas instituições de ensino superior devem se inscrever no portal do ProUni. As inscrições voltadas aos candidatos não matriculados encerrou dia 19 de agosto.

Diferente do processo regular, esta etapa não possui nota de corte e nem chamada. A ocupação da bolsa é realizada por ordem de inscrição. Ao concluir o cadastro, o participante terá sua vaga reservada automaticamente.

Podem concorrer às bolsas remanescentes brasileiros sem diploma de curso superior, que tenham realizado o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) a partir de 2010, sem ter zerado na redação e obtido nota superior a 450 pontos; professores da rede pública de ensino, no efetivo exercício do magistério da educação básica, que não tenham participado do Enem (podem concorrer às bolsas em cursos de licenciatura).

As inscrições do processo seletivo ProUni ocorreram entre os dias 11 e 14 de junho. A 1ª chamada foi publicada dia 18 de junho e a 2ª chamada dia 2 de julho.  Além das chamadas regulares, o programa também convocou inscritos na Lista de Espera que aconteceu nos dias 15 e 16 de julho.

Podem participar do programa candidatos que não tenham diploma de curso superior; que tenham participado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2018 e obtido média acima de 450 pontos, sem ter zerado na Redação; e tenham cursado o Ensino Médio em Escola Pública ou como bolsista em Escola Privada.

O ProUni é uma iniciativa do Ministério da Educação (MEC) por meio do Governo Federal, que oferece bolsas de estudos integrais e parciais, em Instituições Privadas de Educação Superior. As bolsas integrais são direcionadas aos candidatos cuja renda familiar mensal per capita não ultrapasse R$ 1,5 salário mínimo. As bolsas parciais são destinadas aos concorrentes com renda familiar mensal per capita que seja inferior a 3 salários mínimos.

Para mais informações acesse a página do MEC.