MEC registra 7,2 mil formaturas antecipadas na área da saúde

05/06/2020 - 14h35 - Por Karoline Figueiredo

O Ministério da Educação (MEC) desenvolveu um painel de monitoramento referente às formaturas antecipadas na área da saúde, de instituições públicas e privadas de todo país. O sistema já registrou até o momento, 7.292 formados (2.219 em públicas e 5.073 em privadas).

A medida de adiantamento das formaturas foi tomada no mês de abriu com o objetivo de contribuir no enfrentamento à pandemia, causada pela Covid-19.

De acordo com MEC, a plataforma divulga informações atualizadas das formaturas antecipadas dos cursos de Medicina, Enfermagem, Farmácia e Fisioterapia. Através dela, também é possível conferir o número de formados por estado e município, em instituições de ensino superior públicas (municipais, estaduais e federais) e privadas.

"A nova funcionalidade implementada no painel, mostra à sociedade quantos novos profissionais da saúde se formaram de maneira antecipada em cada município do país. Esses profissionais estão aptos para reforçar as redes de saúde pública e privada no atendimento à população. Trata-se de mais uma medida da pasta para dar maior transparência às ações de enfrentamento ao novo coronavírus", explicou o secretário de Educação Superior do MEC, Wagner Vilas Boas de Souza.

O painel criado é mais um recurso que acompanhará o funcionamento e as principais ações das universidades, dos institutos federais, dos Centros Federais de Educação Tecnológica (Cefets) e do Colégio Pedro II, durante o período de isolamento social.

O propósito é conferir em tempo real as redes federal, estaduais, municipais e do Distrito Federal, para saber onde e como o governo pode agir de forma mais efetiva, em conjunto com os entes federativos, entidades representativas e as próprias instituições.

A plataforma é uma realização do MEC em parceria com a Universidade Federal do Oeste da Bahia (UFOB), a Universidade Federal do Cariri (UFCA), a Universidade Federal do Oeste do Pará (UFOPA) e a Universidade de Voçosa (UFV).

Para mais informações acesse o portal do MEC.