MEC vai disponibilizar internet aos estudantes de baixa renda de instituições federais

04/07/2020 - 14h22 - Por Karoline Figueiredo

O Ministério da Educação (MEC) realizou na última quarta-feira (1), uma coletiva de imprensa em videoconferência, na sede do MEC, em Brasília. Na ocasião, foi anunciado que o MEC disponibilizará internet aos estudantes de baixa renda, matriculados em Universidades Federais e Instituições da Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica.

Segundo pesquisa realizada junto às 110 Instituições Federais, existem 906 mil estudantes em situação de vulnerabilidade socioeconômica, com renda familiar per capita de até um salário mínimo e meio. A maioria desses alunos não possuem acesso à internet, com capacidade de conexão para atividades por meio de Tecnologias da Informação e Comunicação (TICs), como videoconferências.

De acordo com o levantamento, mais de 90% dos estudantes da Rede Federal possuem smartphone, e 40% daqueles que estão em situação de vulnerabilidade, estudam na região Nordeste.

"Não será uma internet livre, para o aluno utilizar como quiser. Estamos estudando as possibilidades de oferecer esse serviço, que pode ter o acesso restrito a sites definidos", declarou o secretário-executivo do MEC, Antonio Paulo Vogel.

A proposta inicial é contratar pacotes de internet de operadoras de rede móvel de dados, por até 6 meses, para disponibilizar aos estudantes. O Termo de Referência quanto à contratação do serviço será publicado na segunda semana do mês de julho.

Para mais informações acesse o portal do MEC.