Ministro da educação diz que maioria das pessoas que realizam o Enem já concluíram o ensino médio

06/05/2020 - 16h16 - Por Karoline Figueiredo

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, declarou em sua conta no twitter, que a maioria das pessoas que realizam o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) são candidatos que já concluíram o Ensino Médio, e portanto, estes não seriam afetados pela suspensão das aulas presenciais.

"Cancele o Enem! As escolas estão fechadas". A maioria dos que fazem o Enem já terminou o Ensino Médio! Enem 2019: 5.095.405 se inscreveram; 2.993.044 (58,7%) já tinham concluído os estudos; 1.465.907 (28,8%) estavam terminando o Ensino Médio; e 616.667 (12,1%) eram treineiros", escreveu Weintraub.

O ministro é favor da permanência das datas do Enem 2020 em novembro. No entanto, ontem (5) em reunião com líderes do senado, ele sugeriu uma reavaliação da situação em agosto.

"Esse ano de novo começaram a falar que não vai ter Enem. Porque se você tira o Enem, pega um cara de 17, 18 anos, que está em casa, não tem emprego. Ou ele está estudando para o Enem ou é oficina do Diabo. A gente tem que dar perspectiva. Se não tiver, você deixa esse jovem facilmente cooptado pelo crime ou pelos movimentos sociais organizados", declarou o ministro.

Enem 2020:

As inscrições do Exame ocorrerão entre os dias 11 e 22 de maio. As provas do Enem Impresso serão aplicadas nos dias 1º e 8 de novembro, e do Enem Digital, nos dias 22 e 29 de novembro.

O Enem digital será aplicado pela primeira vez e será promovido de forma progressiva. Nesta edição, serão permitidos até 100 mil inscritos nesta modalidade. A previsão é que até 2026, todos os participantes realizem o exame apenas na versão digital.