Novo ensaio clínico comprova que os seminários para abandonar o tabagismo do método Allen Carr's Easyway são pelo menos tão eficazes quanto o serviço para abandonar o tabagismo Gold Standard do NHS do Reino Unido

22/01/2020 - 22h01 - Por PRNewswire

LONDRES, 22 de janeiro de 2020 /PRNewswire/ -- A maior e mais confiável pesquisa experimental do tipo confirmou que o Allen Carr's Easyway (ACE) é uma alternativa clinicamente comprovada, altamente eficaz e sem uso de medicamentos aos adesivos de nicotina, chiclete e cigarros eletrônicos. Esse estudo deve abrir caminho para que o método seja disponibilizado no Serviço Nacional de Saúde (NHS) do Reino Unido.

O Allen Carr's Easyway, um método totalmente livre de medicamentos, recebeu hoje um grande impulso, pois o ensaio clínico controlado e randomizado realizado na London South Bank University constatou que é tão ou mais eficaz que as técnicas oferecidas atualmente pelo serviço para abandonar o tabagismo Gold Standard do NHS do Reino Unido, que utiliza adesivos de nicotina, chiclete de nicotina e outros produtos com nicotina, além de sessões particulares de aconselhamento.

A pesquisa foi realizada pelo Centre for Addictive Behaviours Research (CABR) da London South Bank University (LSBU) e St George's, University of London, e foi publicada hoje na revista acadêmica Addiction*.

O Allen Carr's Easyway produziu uma taxa de abstinência de 19 por cento seis meses após a data prevista de abandono do vício, comparada a 15 por cento do atual serviço para abandonar o tabagismo do NHS. Esse ensaio clínico controlado e randomizado, realizado de maneira independente, contou com 620 participantes: 310 seguindo o ACE e 310 seguindo o serviço especializado (NHS). A abstinência do cigarro foi verificada medindo o monóxido de carbono na exalação dos participantes.

O estudo, publicado hoje, concluiu que a avaliação do método ACE é importante, pois oferece um método sem medicamentos para parar de fumar, que pode ser oferecido em sessões de terapia em grupo. Assim, pode representar uma opção de tratamento viável e com bom custo-benefício em instalações de saúde públicas/privadas.

O professor Daniel Frings, da equipe de pesquisa, comentou:

"Essas descobertas oferecem um suporte convincente sobre a eficácia do método Allen Carr's Easyway para abandonar o tabagismo." 

As descobertas desse ensaio clínico controlado e randomizado complementam outro estudo independente, analisado por colegas da área, que também comprova a eficácia do método Allen Carr's Easyway. Esse estudo foi iniciado pelo governo irlandês e, recentemente, foi publicado na "Tobacco Control" do Jornal Britânico de Medicina (Keogan S, Li S, Clancy L. Tob Control 2019;28:414–419.), que indicou que esse método foi quase duas vezes mais eficaz que o serviço Quit.ie**. Mais informações aqui.

O prof. Luke Clancy, diretor geral do Tobacco Free Research Institute Ireland (TFRI), afirmou: 

"O Allen Carr é um método de tratamento muito pouco usado, que tem um enorme potencial para ajudar a alcançar nossas metas ambiciosas de controle do tabagismo."

John Dicey, CEO global do Allen Carr's Easyway, comentou: 

"Este dia representa um marco para nós, pois, pela primeira vez, o desempenho do programa foi apresentado não apenas em um, mas em dois ensaios clínicos. Não há dúvidas de que, ao ser um método de conversa, em vez de comprimido, líquido ou adesivo, a avaliação via ensaio clínico do método é limitada e subestima muito sua taxa de sucesso em condições do "mundo real". Assim, mesmo nesse cenário limitante, estamos muito felizes porque nosso método foi considerado tão ou mais eficaz que os programas que utilizam nicotina ou medicamentos, fornecidos atualmente pelo NHS, pelas autoridades de saúde locais e pelos departamentos de saúde de governos do mundo todo." 

"Os adesivos, chicletes e outros produtos de nicotina custam aos contribuintes cerca de £ 30 milhões*** por ano apenas no Reino Unido, e estima-se que £ 900 milhões em nicotina tenham sido prescritos no Reino Unido nos últimos 20 anos. Esses resultados devem abrir o caminho para que esse método rápido, fácil, seguro e sem medicamentos seja disponibilizado no NHS, no Irish Health Service e nos serviços de saúde dos 50 países em que operamos."

Os resultados do ensaio irlandês mostraram que as taxas de abandono do vício com o método Allen Carr's Easyway foram sempre mais altas que as do Quit.ie, alcançando, de maneira consistente, taxas mais altas nos meses 1, 3, 6 e 12 (quase duas vezes maiores); os resultados do ensaio de Londres indicam uma taxa de sucesso em 6 meses de 19% para o Allen Carr's Easyway vs. 15% para o serviço Gold Standard do NHS.

John Dicey também afirmou: "Dada a constante controvérsia em torno do cigarro eletrônico, que não parece desaparecer em um futuro próximo, esses resultados devem dar ao Public Health England e ao Irish Health Service Executive (HSE) a confiança para oferecer o Allen Carr's Easyway como uma alternativa segura, popular e sem nicotina aos métodos disponíveis atualmente".

A professora Sofia Ravara, presidente do grupo no influente Comitê de Controle do Tabaco da Sociedade Respiratória Europeia, recebeu o estudo irlandês com entusiasmo e disse: "Achei o estudo muito útil e espero que não tenhamos que esperar mais 30 anos para que o Allen Carr se torne um método validado de abandono do tabagismo".

O programa de seminários para abandonar o tabagismo do Allen Carr's Easyway não utiliza nicotina, substâncias a base de nicotina, adesivos ou outros fármacos. Ele desafia as razões pelas quais as pessoas fumam, mas realmente tira a vontade de fumar.

Notas aos editores: 

  • Allen Carr's Easyway, fundado e sediado em Londres, é o método para abandonar o tabagismo de maior sucesso do mundo. Estima-se que, em 30 anos, o método Allen Carr's tenha curado 30 milhões de pessoas do vício de fumar no mundo todo.
  • Entrevistas com John Dicey, CEO global, estão disponíveis mediante solicitação.
  • John fumava 80 cigarros por dia antes de abandonar o vício usando o método Allen Carr's.
  • Sessões complementares para contato da imprensa ou casos de teste estão disponíveis mediante solicitação.
  • Allen Carr's Easyway possui clínicas em mais de 50 países, e o método tem o apoio de várias celebridades e formadores de opinião.
  • Estudos de caso estão disponíveis mediante solicitação.
  • As sessões para abandonar o tabagismo do método Allen Carr's Easyway estão disponíveis no Reino Unido e na Irlanda e custam £ 299/€ 320,00 por pessoa; esse valor inclui apoio após a conclusão do seminário e garantia de devolução do dinheiro.
  • O Vitality Health Insurance forneceu os seminários do Allen Carr's Easyway sem custo para seus assegurados individuais ou corporativos durante mais de 10 anos.
  • Durante anos, empresas globais como Google, UBS, Facebook, Vodafone, Sony, Ford, BP, Unilever, Total, Pfizer, IKEA, JCB, Telefonica, BMW e Nestlé forneceram os seminários para abandonar o tabagismo com o método Allen Carr's Easyway aos seus colaboradores, como parte de seus programas de bem-estar.

*Fonte: Frings D, Albery IP, Moss AC, Brunger H, Burghela M, White S, and Wood KV (2020) Comparison of Allen Carr's Easyway programme with a specialist behavioural and pharmacological smoking cessation support service: A randomised controlled trial. Addiction 115: doi: 10.1111/add.14897. Resultados completos aqui.
**Fonte da citação: https://www.imt.ie/news/smokers-twice-likely-quit-smoking-using-allen-carr-method-study-reveals-25-06-2019/ 
***Fonte do custo do NRT do NHS: Number of people using NHS stop smoking services continues to fall BMJ 2017;; 358 doi: https://doi.org/10.1136/bmj.j3936 (publicado em 18 de agosto de 2017)

FONTE Allen Carr's Easyway