O Instituto de Tradução e Interpretação da Universidade Hamad Bin Khalifa convida para o envio de resumos para o 10o Congresso Internacional Anual no Catar

28/09/2018 - 14h01 - Por PRNewswire





Com o tema "tradução além das margens", o congresso deverá atrair centenas de estudantes, acadêmicos e pesquisadores a Doha.

DOHA, Catar, 28 de setembro de 2018 /PRNewswire/ -- O Instituto de Tradução e Interpretação (TII) da Faculdade de Humanidades e Ciências Sociais (CHSS) da Universidade de Hamad Bin Khalifa (HBKU) está com inscrições abertas para o 10o Congresso Anual Internacional de Tradução. O evento de dois dias está programado para os dias 26 e 27 de março de 2019, e será realizado no Centro Nacional de Convenções do Catar (QNCC), na capital do Catar, Doha. O TII está recebendo resumos de acadêmicos, profissionais e tradutores e intérpretes da África, Ásia, Austrália, Europa, América do Norte e do Sul que tenham interesse, por meio da teoria ou prática, no tema do congresso deste ano, que é a tradução além das margens.

As edições anteriores do evento tiveram a participação de centenas de especialistas, palestrantes e acadêmicos locais, regionais e internacionais famosos nas áreas da tradução e interpretação. Dentre as personalidades notáveis que se reuniram em Doha e contribuíram com uma plataforma de compartilhamento de conhecimento, bem como a troca efetiva de ideias e pesquisas, estiveram a romancista Fadia Faqir, o diretor administrativo da AJ+, Dima Khatib, bem como professor de tradução e cinema da Universidade de Roehampton Pablo Romero-Fresco. Além disso, a professora emérita de estudos da tradução da Universidade de Manchester, Mona Baker, participou recentemente do congresso do TII. A lista de palestrantes dos congressos anteriores também se estendeu para incluir o professor de tradução e linguagem da Universidade Nova Sorbonne, Fayza El Qasem, bem como o diretor executivo de mídia digital da Al Jazeera Media Network, Yaser Bishr.

Amal Al Malki, decano fundador da CHSS, disse: "Há dez anos, o TII se propôs a criar um fórum internacional de intercâmbio e promoção profissional do ofício da tradução e interpretação, posicionando-se como impulsionador de impacto do desenvolvimento social no sentido de sociedades baseadas no conhecimento. Como tal, a abrangência do 10o congresso anual capta a execução desta grande aspiração, que se destaca pelo âmbito cada vez mais interdisciplinar e pela seleção de eminentes palestrantes convidados.

"O tema do 10o Congresso Anual Internacional de Tradução terá como tema central a marginalização como principal desafio nas áreas de tradução e interpretação. Convidamos todos os interessados a enviar resumos de seus trabalhos, explorando essas questões sob seus próprios ângulos, seja de forma interdisciplinar ou em sentido mais amplo, a fim de estabelecer a base para discussões pertinentes durante o congresso".

As áreas temáticas do 10o Congresso Anual Internacional de Tradução incluem, dentre outras, novos territórios, novos cenários nos estudos e práticas de tradução, cruzamentos na interpretação, tradução audiovisual, transcriação, autotradução, convergência e divergência entre tradução, adaptação e mediação, e tradução além da censura e dos tabus. O congresso também convida os candidatos a apresentar trabalhos que explorem a tradução além das margens, abordando questões do setor raramente abordadas e desafios de tradução em vários setores e disciplinas. O trabalho também pode abordar temas diferentes do domínio de pesquisa dos estudos de tradução (metodologias, epistemologias e teorias) e inovações em pesquisa e aplicação, analisando práticas como a tradução colaborativa, o crowdsourcing e a tradução feita por fãs.

Os resumos devem ter pelo menos 300 palavras, em inglês ou árabe, que são as línguas oficiais do congresso, incluindo uma declaração introdutória sobre a importância do estudo, uma breve descrição da metodologia básica adotada, uma indicação clara das conclusões do estudo e a área temática escolhida dentre as sugeridas para esta edição do congresso anual. O envio também deve incluir a afiliação institucional do candidato, as informações de contato e uma breve biografia de, no máximo, 100 palavras. O prazo para envio de resumos é 25 de outubro de 2018. Os participantes selecionados terão 20 minutos para apresentar seus trabalhos no congresso, e 10 minutos para responder às perguntas feitas pelos colegas e pelo público.

As áreas de tradução e interpretação são ferramentas poderosas, quando efetivamente utilizadas em serviços sociais ou comunitários, e abrem caminho para a economia global mais inclusiva.

Os possíveis participantes interessados em enviar proposta on-line para o congresso de 2019 podem fazê-lo no site http://www.tii.qa/10th.

Sobre a Universidade Hamad Bin Khalifa

Inovando hoje para moldar o amanhã

A Universidade Hamad Bin Khalifa (HBKU), membro da Fundação Catar para Educação, Ciência e Desenvolvimento Comunitário (QF), foi fundada em 2010 como uma universidade de pesquisas intensivas, atuando como catalisadora de mudanças transformadoras no Catar e na região, porém com impacto global. Localizada na Cidade da Educação, a HBKU tem o compromisso de construir e cultivar a capacidade humana por meio de experiências acadêmicas enriquecedoras, ecossistema inovador e parcerias exclusivas. A HBKU tem programas de graduação e pós-graduação multidisciplinares em suas faculdades, e oferece também oportunidades de pesquisa e bolsas de estudo por meio de seus institutos e centros. Para obter mais informações sobre a HBKU, visite o site http://www.hbku.edu.qa.

Contato: Ysa Chandna +974-332-58-311

(Logo: https://mma.prnewswire.com/media/751241/Hamad_Bin_Khalifa_University_Logo.jpg )

(Foto: https://mma.prnewswire.com/media/751240/Annual_International_Conference_in_Qatar.jpg )

FONTE Hamad Bin Khalifa University