ONU promove no Rio de Janeiro a Exposição "70 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos"

09/08/2018 - 14h38 - Por Karoline Figueiredo





A Organização das Nações Unidas (ONU) no Brasil, em parceria com o Centro Cultural Correios e Acervo Otávio Roth, lançou ontem (08) no Rio de Janeiro (RJ), a Exposição "70 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos".

A mostra reúne 30 xilogravuras de Otávio Roth baseadas nos Artigos da Declaração Universal, que defende a igualdade, a fraternidade, a dignidade, a paz e a liberdade humana, independente de raça, etnia, religião, gênero ou nacionalidade.

O Documento foi adotado em 10 de dezembro de 1.948 com o objetivo de proibir horrores e holocaustos na humanidade, como ocorreu na Segunda Guerra Mundial. As regras estabelecidas são voltadas principalmente ao respeito à vida e a fraternidade, onde todos os países "devem" se comprometer em segui-las. A Constituição Federal Brasileira e a de outras democracias foram inspiradas na Declaração Universal dos Direitos Humanos.

Otávio Roth (1952-1993) possui trabalhos em exposições permanentes nas sedes das Nações Unidas em Nova Iorque, Genebra e Viena.

A exposição no Brasil ficará aberta para visitação até 09 de setembro, de terça a domingo, das 12h às 19h. Neste período também ocorrerá  palestras, filmes e debates. O evento é aberto ao público e gratuito.

Endereço: Centro Cultural Correios - Rua Visconde de Itaboraí, 20, Centro/Rio de Janeiro (RJ). Para mais informações acesse a página da ONU.