Parlamentares e especialistas debatem desafios para a educação em 2021

18/01/2021 - 19h39 - Por Karoline Figueiredo
Sempre abrir.

A "Coalizão Parlamentar para a Educação" realizou uma reunião virtual entre parlamentares e especialistas, com o propósito de estabelecer ações prioritárias em 2021 em relação aos Ensinos Básico, Superior, Profissionalizante e Inclusivo no país. A Coalizão Parlamentar é um grupo criado durante a pandemia por Covid-19, para manter o trabalho de fiscalização da comissão externa da Câmara que acompanha as práticas do Ministério da Educação (MEC).

Os principais desafios estão o retorno das aulas, a implantação de um modelo híbrido de ensino - presencial e virtual, e a superação da desigualdade no Ensino brasileiro, agravado no período de pandemia. Atualmente no Legislativo, a primazia na Educação é a aprovação da proposta do Sistema Nacional de Educação.

O presidente da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), Luiz Miguel Garcia, ressaltou a importância de inclusão dos professores nos grupos prioritários de vacinação contra a Covid-19, para que aconteça retorno mais rápido das aulas na Educação Básica.

Quanto às Universidades, a reitora da Universidade de Brasília (UnB), Márcia Moura, apontou as principais necessidades. "Nós sempre falávamos que tinha de vir a convergência e a pandemia nos trouxe essa convergência de maneira abrupta. Vamos precisar de um monitoramento constante da situação epidemiológica, temos de preparar as universidades para o avanço do plano de retomada e já estamos tendo esses investimentos. Precisamos de readequações na estrutura física para o pós-pandemia. E precisamos do aumento e da estabilidade do orçamento para as universidades e também para a ciência".

A coordenadora da Associação AMSK-Brasil, Lucimara Cavalcante, defendeu o retorno às aulas pós-pandemia, com respeito à identidade cultural de indígenas, quilombolas, ciganos e outros povos em todos os níveis de Educação.

O coordenador do grupo Coalizão, deputado Felipe Rigoni, já encomendou novos estudos acerca do tema para aprimorar os assuntos debatidos. A comissão externa também realizará um estudo sobre o ensino híbrido, remoto e presencial, sobre a volta às aulas.

Confira na íntegra o encontro online e demais informações no portal da Câmara dos Deputados.