Possíveis temas para Redação do Enem 2019

05/08/2019 - 16h55 - Por Karoline Figueiredo





As provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019 acontecerão nos dias 3 e 10 de novembro (dois domingos consecutivos). A Redação é uma das etapas mais importantes do Exame, podendo chegar a nota 1.000.

Uma boa dica para os candidatos é que fiquem atentos aos acontecimentos atuais no Brasil e no mundo, nas áreas sociais, políticas, culturais e econômicas. Veja quais são os possíveis temas que poderão ser cobrados nesta edição:

Corrupção no Brasil;

Desastres ambientais;

Desigualdade social;

Direitos da criança e do adolescente;

Estatuto do desarmamento;

Evasão escolar;

Escassez de água;

Fake News;

Homofobia; 

Maioridade penal;

Maus tratos e abandono de animais;

Mobilidade urbana;

Reforma da previdência;

Sistema público de saúde no Brasil;

Sustentabilidade.

Confira os temas das Redações aplicadas nos últimos 10 anos: "Manipulação do comportamento do usuário pelo controle de dados na internet" (2018); "Desafios para formação educacional de surdos no Brasil" (2017); "Caminhos para combater a intolerância religiosa no Brasil" (2016); "A persistência da violência contra a mulher na sociedade brasileira" (2015); "Publicidade infantil em questão no Brasil" (2014); "Efeitos da implantação da Lei Seca no Brasil" (2013); "Movimento imigratório para o Brasil no século XXI" (2012); "Viver em rede no século XXI: os limites entre o público e o privado" (2011); "O trabalho na construção da dignidade humana" (2010); "O indivíduo frente à ética nacional" (2009).

A prova de Redação, geralmente, exige a produção de um texto em prosa, na modalidade dissertativo-argumentativo sobre um tema proposto na área social, cultural, científica ou política. Os participantes devem defender sua opinião em relação ao tema, com argumentos consistentes, coerência e coesão.

A correção da prova de Redação no Enem é realizada no mínimo por dois avaliadores, de forma independente, sem que um saiba da nota atribuída pelo outro. Os professores avaliam o desempenho do candidato de acordo com cinco competências, onde cada uma delas pode chegar a 200 pontos, com soma total de 1.000.

As competências avaliadas: 

1 - Demonstrar domínio da modalidade escrita formal da Língua Portuguesa;

2 - Compreender a proposta de Redação e aplicar conceitos de várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo em prosa;

3 - Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista;

4 - Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação;

5 - Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.