Programa Ciência sem Fronteiras será congelado

04/09/2015 - 09h47 - Por Thaís Ferraz





O Governo Federal congelou o Programa Ciência Sem Fronteiras e não oferecerá novas bolsas por tempo indeterminado. O motivo é a falta de recursos financeiros para a manutenção do programa, que financia integralmente os estudos de brasileiros no exterior. As informações são da Folha de São Paulo.

O governo Dilma Roussef enviou ao Congresso um Orçamento com déficit em 2016. De acordo com a Folha, o dinheiro destinado ao programa em 2016 (R$2,1 bilhões) será suficiente apenas para manter os estudantes que já estão no exterior. Os brasileiros aprovados no último edital não foram afetados e começarão o programa normalmente este ano.

No fim de junho, o ministro da Educação, Renato Janine Ribeiro, havia afirmado que um novo edital seria aberto ainda esse ano. “Nós vamos abrir um edital, provavelmente no final do ano. E vamos, de fato, estudar que mudanças podem ser feitas. Mas, por enquanto, não temos nada definido", contou em entrevista à Agência Brasil. O ministro e o MEC ainda não se manifestaram sobre o congelamento.