Projeto muda a vida de crianças do ensino fundamental em São Paulo

26/04/2012 - 13h26 - Por Lucas Martins





Com a proximidade de grandes eventos esportivos que acontecerão em 2014 e 2016 e visando o esporte como instrumento capaz de transformar a realidade social de crianças e jovens, a Associação Holística de Participação Comunitária Ecológica (AHPCE) e a Secretaria da Educação do Município de Osasco, reafirmam a parceria em 2012 com o “Projeto Escolinha do Futuro” que tem a força de transformar crianças em futuros atletas por fomentar a transformação social por meio de atividades esportivas realizadas no contraturno escolar.

Atender a crianças de seis a 11 anos, tornar-se referência em educação de tempo integral e fomentar a inserção social através do esporte, são os principais objetivos dos organizadores do projeto que nasceu no município Osasco na grande São Paulo e atingiu uma marca importante em 2012: mais de 15 mil crianças serão atendidas e orientadas, tornando-se um dos maiores projetos educacionais do Brasil, levando cultura e esporte com planejamento e acompanhamento de profissional.

“A intenção é expandir o projeto para que gradativamente atenda a toda a rede do ensino fundamental de Osasco além de torna-lo referência para outros municípios”, diz Gabriel Menezes, presidente da AHPCE, que iniciou a parceria com a Secretaria de Educação de Osasco em 2008 atendendo cerca de 10 mil alunos.

Atividades esportivas, culturais, artísticas e de formação da cidadania desde a infância são oferecidas aos alunos da 1° a 4° séries e são dirigidas no contraturno escolar, duas vezes por semana, durante três horas diárias, por mais de 200 profissionais divididos entre os 106 núcleos de atendimento da cidade que levam aos estudantes atividades culturais e esportivas como: futebol, futsal, vôlei, basquete, judô, karatê, natação, capoeira, teatro, dança e circo. Os alunos recebem o kit alimentação, que inclui lanche, suco, frutas, bolachas e barras de cereais, que são alternados de acordo com a modalidade executada no dia.

Para as modalidades esportivas, 90 profissionais graduados em educação física conduzem os pequenos por atividades que, em muitos casos, despertam aptidões. Os temas transversais são ministrados por outros 90 educadores que, através da leitura e das aulas especiais sobre meio ambiente e cidadania, transformam a realidade das crianças que participam, também, de outro braço do projeto intitulado de “Sementes da Primavera”. O xadrez e os jogos cooperativos estão presentes para estimular e desenvolver a paciência, o autocontrole, a criatividade e a atenção.

Segundo pesquisa realizada no início de 2012, pelos organizadores do projeto com 1239 pais de alunos que fizeram parte do projeto Escolinha do Futuro em 2011, a Escolinha do Futuro foi avaliado de maneira positiva por mais de 98% dos entrevistados, dos quais 97% afirmou que o rendimento do filho no ensino regular melhorou após sua participação no projeto.

Em 2012, os alunos matriculados regularmente no ensino municipal de Osasco e inscritos no projeto serão sorteados para participar das atividades. Todo o material necessário para participar das aulas (livros, camisetas, calças, quimonos, etc.) será disponibilizado pelos organizadores. Desta forma, a criança que está inserida no Projeto Escolinha do Futuro trabalha como agente fomentador em seu contexto social.

As atividades são levadas para casa possibilitando maior interação entre os temas abordados e a realidade de sua comunidade, o que pode favorecer o esporte brasileiro, revelando uma nova geração de atletas para uma possível participação nas olimpíadas de 2016.

Saiba mais sobre a Associação Holística de Participação Comunitária Ecológica (AHPCE) e seus projetos: http://www.ahpce.org.br