QS University Rankings 2018: América Latina

17/10/2017 - 22h03 - Por PRNewswire





Unicamp ultrapassa USP em ranking universitário da América Latina#QSWUR

LONDON, 17 de outubro de 2017 /PRNewswire/ -- Pela primeira vez, a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) foi nomeada a melhor universidade brasileira. A edição de 2018 do QS University Rankings: América Latina  colocou a Unicamp no segundo lugar geral, na frente da Universidade de São Paulo (USP).

Logo - http://mma.prnewswire.com/media/554277/QS_Quacquarelli_Symonds_Logo.jpg

A USP caiu da 1ª para a 3ª posição, dando lugar para a Pontifícia Universidade Católica do Chile, que foi nomeada a melhor universidade da América Latina pela primeira vez desde 2013.

Destaques

  • O Brasil domina o top 10, com quatro universidades nas principais posições. Além da Unicamp e da USP, aparecem a Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ (que caiu do 5º para o 7º lugar) e a Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" – UNESP (que subiu do 12º para o 10º lugar);
  • Outras universidades brasileiras também ficaram mais próximas do top 10: Universidade Federal de Minas Gerais (14ª para a 11ª posição), Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (15ª para a 13ª posição) e a Universidade Federal do Rio Grande Do Sul (16ª para a 14ª posição);
  • Quatro universidades do Brasil conquistaram a nota máxima em produção acadêmica. Esse quesito é medido utilizando a métrica de número de citações por docente. Essas quatro universidades são: Unicamp, USP, Universidade Estadual Paulista e Universidade Federal do Rio Grande Do Sul;
  • O Brasil domina o ranking latino-americano. Das 385 universidades que foram ranqueadas, 83 são brasileiras. Para ver a lista completa, consulte a Tabela 3: ela está na seção de "Notas ao Editor".

Tabela 1: QS University Rankings 2018 – América Latina (Top 10)

2018

2017

Nome da Instituição

1

3

PONTIFICIA UNIVERSIDAD CATÓLICA DE CHILE

2

2

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS (UNICAMP)

3

1

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO (USP)

4

4

UNIVERSIDAD NACIONAL AUTÓNOMA DE MÉXICO (UNAM)

5

7

TECNOLÓGICO DE MONTERREY (ITESM)

6

6

UNIVERSIDAD DE CHILE

7

5

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO

8

8

UNIVERSIDAD DE LOS ANDES COLOMBIA

9

11

UNIVERSIDAD DE BUENOS AIRES

10

12

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA "JÚLIO DE MESQUITA FILHO"

© QS Quacquarelli Symonds 2004-2017 http://www.TopUniversities.com/. All rights reserved.

O que levou a Unicamp à liderança?

  • Tanto a Unicamp como a USP atingiram ótimas notas nos indicadores de reputação da QS –Reputação Acadêmica e Reputação entre Empregadores;
  • No entanto, a análise da QS – utilizando dados oficiais da base de dados Scopus – revelou que as pesquisas produzidas pela Unicamp tem apresentado maior impacto nos últimos cinco anos;
  • A Unicamp atingiu a nota 87.8/100 no indicador Citações por Artigo Acadêmico, que calcula a qualidade média das pesquisas produzidas por cada universidade;
  • A USP recebeu a nota 79.1/100 nesse mesmo indicador;
  • Ambas as universidades atingiram a nota máxima 100/100 no indicador de citações por docente - que mede a produtividade das pesquisas – essa é uma razão que levou a Unicamp a chegar na primeira posição no Brasil;
  • Além disso, a Unicamp também apresentou uma melhora na proporção entre o número de alunos e docentes.

Tabela 2: QS University Rankings 2018: América Latina – Brasil Top 10

2018

2017

Nome da Instituição

2

2

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS (UNICAMP)

3

1

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO (USP)

7

5

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO

10

12

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA "JÚLIO DE MESQUITA FILHO"

11

14

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS

13

15

PONTIFICIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC - RIO

14

16

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL

18

9

UNIVERSIDADE DE BRASILIA

22

25

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA

29

29

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS

© QS Quacquarelli Symonds 2004-2017 http://www.TopUniversities.com/. All rights reserved.

Metodologia

A QS utiliza uma metodologia única para calcular seu ranking. Essa metodologia foi desenvolvida levando em consideração alguns desafios particulares enfrentados pelas universidades de cada região e se baseia em 8 indicadores:

(1)    Reputação Acadêmica
(2)    Reputação entre Empregadores
(3)    Citações por artigo acadêmico 
(4)    Citações por docente
(5)    Proporção Docente/Aluno
(6)    Proporção de Docentes Estrangeiros
(7)    Proporção de Estudantes Estrangeiros 
(8)    Impacto na Web

Um documento detalhado sobre a metodologia pode ser encontrado em www.TopUniversities.com.

Ben Sowter, Diretor de Pesquisa da QS, diz: "A análise de nossos quatro rankings regionais revelou que um grande número de países viram universidades que tradicionalmente ocupavam a primeira posição, serem desbancadas nessa edição. Em Singapura, a Universidade Tecnológica de Nanyang tomou o primeiro lugar da  Universidade Nacional de Singapura, que tem historicamente ficado na primeira posição. Tendências similares foram observadas na China e em Hong Kong. O resultado visto no ranking brasileiro pode ser entendido como parte dessa tendência, indicando que em nossos rankings a proatividade é mais importante do que o prestígio."

Os rankins completos podem ser acessados em www.TopUniversities.com.

 

View original content:http://www.prnewswire.com/news-releases/qs-university-rankings-2018-america-latina-300538500.html

FONTE QS Quacquarelli Symonds

Arquivado em: PRNewswire